AVALIAÇÃO DE SISTEMAS AGROEXTRATIVISTAS - CONSÓRCIO DO BABAÇU COM CULTURAS ANUAIS - DESENVOLVIDOS NO PROJETO DE ASSENTAMENTO CIT/ NOVO HORIZONTE EM CODÓ-MA.

Autores

Resumo

O agroextrativismo, definido como a prática de consórcio de culturas ou pecuária com o extrativismo, tem apresentado papel relevante como alternativa de produção, para produtores familiares das regiões onde há predominância de babaçu. Esta pesquisa objetivou avaliar a viabilidade do consórcio do babaçu com culturas anuais dentro do sistema agroextrativista, no que se refere aos seus aspectos econômicos, sociais e ambientais, em comunidades do município de Codó - MA. A pesquisa foi conduzida no município de Codó – MA, onde foram estudados os sistemas de produção agroextrativistas mais comuns na região, que utilizem o babaçu intercalado com culturas anuais. As comunidades que farão parte do estudo são: Salobro, Boa Esperança, Santo Antônio e Lagoas PA Cit\ Novo Horizonte. A escolha deve-se ao fato dessas comunidades trabalharem a alguns anos com o sistema agroextrativista. Constatou-se que o agroextrativismo ainda continua sendo o principal meio de produção e renda para os entrevistados. Ausência de tecnologia e de informações precisas sobre a adoção desse sistema tem feito com que muitos produtores não consigam enxergar os seus benefícios e continuem a cultivar com baixos índices de produtividade.

Biografia do Autor

Elza Silva Souza, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão.

Sou técnica em Agropecuária, activist e acadêmica do curso de Agronomia no IFMA campus codo, filha de agricultores assentados da reforma agrária, com a produção baseada na agroecologia e sistema integrado de produção.

Lucas Silva Santana, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão-IFMA

Técnico em Agropecuária e graduando em Agronomia.

Mayane Gonçalves de Carvalho, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão-IFMA

Agrônoma e professora mestra do Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologias do Maranhão, IFMA Campus Codó.

Francisca Inalda Oliveira Santos, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão-IFMA

Geografa e professora mestra do Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologias do Maranhão, IFMA Campus Codó.

Downloads

Publicado

2016-05-17

Edição

Seção

IX CBA 8. Biodiversidade e Bens Comuns.