A Organização do Trabalho em Agroecossistemas com Barragens Subterrâneas no Semiárido Brasileiro

Autores

  • Gizelia Barbosa Ferreira Estudante do Programa de Pós-graduação em Agroecologia e Desenvolvimento rura
  • Márcia Moura Moreira Eng. agrônoma, Bolsista CNPq
  • Vanessa Carine Chaves Geógrafa
  • Maria Sonia Lopes da Silva Pesquisadora Embrapa Solos UEP Recife
  • Manoel Baltasar Baptista da Costa Professor CCA-UFSCar
  • Carmen de Almeida Alves Mestranda do programa de Pós Graduação em Agroecologia e Desenvolvimento Rura
  • Romário Alves Meira Eng. agrônomo

Palavras-chave:

pluriatividade, captação e armazenamento de água da chuva, agricultura familiar.

Resumo

Esse estudo analisou a organização do trabalho e a relação com as tecnologias de captação e armazenamento de água de chuva no semiárido brasileiro, principalmente a barragem subterrânea, em quatro agroecossistemas de Pernambuco e da Paraíba. Foram utilizadas metodologias qualitativas e quantitativas, baseadas no Marco para a Avaliação de Sistemas de Manejo de Recursos Naturais (MESMIS) e dados gerados por diálogos construídos através das ferramentas do Diagnóstico Rural Participativo (DRP). A maioria dos entrevistados atribuiu a pluriatividade uma estratégia de aumentar a renda da família e assim possibilitar a reprodução social, econômica e ambiental desta. Mas ressalta-se que apesar de exercerem atividades não-agrícolas, não perderam o vínculo com a agricultura, atividade que exercem associada a não-agrícola. Assim, observou-se que a pluriatividade é vista como algo necessário, mas não definitivo, caso exista a possibilidade da família sobreviver com as atividades agrícolas.

Biografia do Autor

Gizelia Barbosa Ferreira, Estudante do Programa de Pós-graduação em Agroecologia e Desenvolvimento rura

Engenheira agrônoma, estudantes do Programa de Pós-Graduação em Agroecologia e Desenvolvimento Rural do Centro de Ciências Agrárias da UFSCar, Bolsista Cnpq, atuando em projetos da Embrapa Solos UEP Recife sobre alternativas para captação e armazenamento de água da chuva no semiárido brasileiro.

Downloads

Publicado

2009-12-31

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>