Substituição da Adubação Nitrogenada por Dejeto Suíno na Cultura da Aveia

Autores

  • Cristiane Claudia Meinerz Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE
  • Daniela Mondardo Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE
  • Deise Dalazen Castagnara Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE
  • Patricia Paula Bellon Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE
  • Paulo Sérgio Rabello Oliveira Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE
  • Marcela Abbado Neres Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE
  • Bruno Borges Deminicis UENF

Palavras-chave:

Adubação orgânica, matéria seca, nitrogênio

Resumo

Estudou-se a substituição da adubação nitrogenada mineral pela aplicação de dejeto líquido suíno na produção de MS da aveia preta comum (Avena strigosa Schreb). O estudo foi desenvolvido em condições de campo, sob delineamento estatístico utilizado foi o inteiramente casualizado, com seis doses de N (0; 13; 26; 39; 52 e 65 kg ha-1 que equivaleram a 0; 10; 20; 30; 40 e 50 m3 ha-1 de dejeto líquido suíno, respectivamente) e quatro repetições. A cultura da aveia foi implantada mecanicamente em julho de 2008 e 15 dias após a semeadura foi realizada a aplicação manual dos tratamentos. As avaliações foram realizadas aos 70 dias após a semeadura. Não houve efeito significativo das doses de N estudadas sobre a produção de MS total da parte aérea, de folhas e de colmos. A aplicação de doses de dejeto líquido suíno até 50 m3 ha-1 não promoveu incrementos significativos na produção de matéria seca total, de folhas e de colmos da aveia preta no primeiro ano de avaliação, na região Oeste do Paraná.

Biografia do Autor

Cristiane Claudia Meinerz, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

Mestranda do Programa de Pós Graduação em Agronomia da Unioeste

Daniela Mondardo, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

Mestranda do Programa de Pós Graduação em Agronomia da Unioeste

Deise Dalazen Castagnara, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

Doutoranda do Programa de Pós Graduação em Agronomia da Unioeste

Patricia Paula Bellon, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

Mestranda do Programa de Pós Graduação em Agronomia da Unioeste

Paulo Sérgio Rabello Oliveira, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

Professor do Centro de Ciências Agrárias da Unioeste

Marcela Abbado Neres, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

Professor do Centro de Ciências Agrárias da Unioeste

Bruno Borges Deminicis, UENF

Zootecnista, Mestre em Produção Animal, MBA em Gestão Estratégica no Agronegócio, Doutor em Produção Vegetal, Pós-Doutorando em Produção Vegetal LFIT/CCTA/UENF. Bolsista CPES/FAPERJ.

Downloads

Publicado

2009-12-31

Edição

Seção

1. VI CBA e II CLAA - Agroecossistemas/ Produção Vegetal

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 5 > >>