A Agricultura do Povo Tupinambá de Serra do Padeiro, Buerarema - Bahia

Autores

  • Carla T. dos S. Marques Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
  • Erasto Viana Silva Gama Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
  • Aurélio José Antunes de Carvalho Associação Nacional de Ação Indigenista - ANAÍ

Palavras-chave:

Indígenas, Extensão Rural, Buerarema

Resumo

O povo indígena Tupinambá da Serra do Padeiro se encontra em processo de reafirmação identitária e regularização de suas terras. Nesse contexto, este trabalho teve como objetivo diagnosticar e fomentar a troca de saberes entre as gerações sobre as práticas agrícolas adotadas na Aldeia, bem como discutir os problemas decorrentes destas e suas possíveis soluções. Foram realizadas 02 oficinas onde foram empregados métodos de Diagnóstico Rápido Participativo. A base econômica dos Tupinambá é a cultura a mandioca para produção de farinha. As espécies de ciclo curto são destinadas à segurança alimentar das famílias, com comercialização do excedente. A comunidade indígena Tupinambá da Serra do Padeiro, embora tenha um foco voltado aos cultivos de importância econômica, possui características próprias de plantio, manejo e diversificação dos cultivos, baseadas no conhecimento local, como forma de garantir a sua segurança alimentar.

Biografia do Autor

Carla T. dos S. Marques, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

Engenheira Agronôma pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), mestranda em Ciências Agrárias pela UFRB e Diretora de Conservação e Biodiversidade do Centro de Desenvolvimento Sustentável e Agroecologia Sapucaia.

Erasto Viana Silva Gama, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

Engenheiro Agronômo pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), mestrando em Ciências Agrárias pela UFRB e Diretor de Agrofloresta do Centro de Desenvolvimento Sustentável e Agroecologia Sapucaia.

Downloads

Publicado

2009-12-31

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>