Seletividade de Produtos Utilizados no Sistema Agroecológico Sobre Larvas da Joaninha Harmonia axyridis (Pallas, 1773) (Coleoptera, Coccinellidae).

Autores

  • Diego Gazola UNIOESTE
  • Aline Monsani Miranda UNIOESTE
  • Patrícia Paula Bellon UNIOESTE
  • William Alexandre Scherer UNIOESTE
  • Ana Raquel Rheinheimer UNIOESTE
  • Vanda Pietrowski UNIOESTE

Palavras-chave:

predador, controle alternativo, bioinseticidas

Resumo

Por ser um ótimo agente de controle biológico a joaninha Harmonia axyridis vem sendo utilizada no mundo inteiro para controlar surtos de insetos pragas, principalmente em sistemas agroecológicos. Contudo, alguns extratos utilizados nesse sistema podem não favorecer o seu desenvolvimento, causando mutações e até mortalidade de indivíduos por não serem seletivos. Este trabalho teve por objetivo testar a seletividade de produtos utilizados no sistema agroecológico sobre larvas da joaninha H. axyridis. O experimento contou com sete tratamentos, com seis repetições, sendo cada repetição composta por cinco larvas. Os produtos utilizados foram Planta Clean, Pironin, Calda Sulfocálcica, Mattan Plus e Extrato de Crisântemo, todos formulações comerciais não registradas e Óleo Mineral - Assist®. Como testemunha água destilada. Foram utilizadas larvas de 2° instar, aplicando-se 1 mL do produto por repetição. Avaliou-se diariamente a mortalidade de larvas e de pupas. Os resultados obtidos indicaram que Planta Clean e Mattan Plus foram seletivos, enquanto que o Extrato de Crisântemo causou mortalidade de 100% das larvas. Para pupas, os produtos Pironin e Planta Clean foram os que causaram menor mortalidade, porem o Óleo Mineral Assist matou 100% dos insetos nessa fase.

Biografia do Autor

Diego Gazola, UNIOESTE

Graduando dos cursos de Agronomia e Geografia. Atua principalmente na área de controle biológico e participa do projeto: Ações de fortalecimento da produção familiar agroecológica na região oeste do Paraná. Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Campus Mal. Cândido Rondon. Rua Pernambuco nº 1777. CEP: 85960-000 Mal. Cândido Rondon. E-mail: gazolad@hotmail.com

Aline Monsani Miranda, UNIOESTE

Graduanda do curso de agronomia. Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Campus Mal. Cândido Rondon. Rua Pernambuco nº 1777. CEP: 85960-000 Mal. Cândido Rondon.

Patrícia Paula Bellon, UNIOESTE

Mestrado em agronomia. Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Campus Mal. Cândido Rondon. Rua Pernambuco nº 1777. CEP: 85960-000 Mal. Cândido Rondon.

William Alexandre Scherer, UNIOESTE

Graduando do curso de agronomia. Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Campus Mal. Cândido Rondon. Rua Pernambuco nº 1777. CEP: 85960-000 Mal. Cândido Rondon.

Ana Raquel Rheinheimer, UNIOESTE

Mestrado em agronomia. Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Campus Mal. Cândido Rondon. Rua Pernambuco nº 1777. CEP: 85960-000 Mal. Cândido Rondon.

Vanda Pietrowski, UNIOESTE

Docente do curso de agronomia area: entomologia. Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Campus Mal. Cândido Rondon. Rua Pernambuco nº 1777. CEP: 85960-000 Mal. Cândido Rondon.

Downloads

Publicado

2009-12-31

Edição

Seção

1. VI CBA e II CLAA - Agroecossistemas/ Produção Vegetal

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>