Manejo da agrobiodiversidade na agricultura indigena de corte e queima do baixo rio Negro, Amazonas, Brasil.

Autores

  • Thiago Mota Cardoso IPÊ-Instituto de Pesquisas Ecológicas

Palavras-chave:

agrobiodiversidade, etnoecologia, povos indígenas, rio Cuieiras.

Resumo

Este artigo objetiva identificar e descrever o conjunto de práticas agroecológicas que contribuem para a construção da riqueza de plantas cultivadas nos ciclos dos roçados indígenas no rio Cuieiras. Utilizou-se de metodologia da etnoecologia e procedimentos de campo oriundos do programa Pacta. O sistema agrícola é visto como um ciclo roça-capoeira-sítio-floresta integrado em mosaico com outros espaços florestais e agrícolas. Foco a investigação nos saberes e práticas que são utilizadas em cada etapa do ciclo.

Biografia do Autor

Thiago Mota Cardoso, IPÊ-Instituto de Pesquisas Ecológicas

Msc. em Ecologia e Recursos Naturais pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia. Coordenador do Programa Conservação e Uso Sustentável da Biodiversidade pelo IPÊ.

Downloads

Publicado

2009-12-31