Utilização da Água Residuária de um Sistema de Criação de Tilápias do Nilo (Oreochromis niloticus) no Cultivo de Alface (Lactuca sativa) em uma Unidade Familiar de Produção Rural – Mandalla

Autores

  • Lize de Moraes Vieira da Cunha CUNHA, L. M. V. da Cunha
  • Mauro Koji Kobayashi
  • Sérgio Avelino Mota Nobre
  • Leila Moraes Alkmim

Palavras-chave:

reuso da água, fertilidade do solo, equilíbrio ambiental e nutricional

Resumo

A produção de alimentos de qualidade, com níveis adequados de nutrientes, a partir do reuso da água pode ser um grande avanço no setor agrícola, desde que haja o manejo adequado dos resíduos em busca da preservação ambiental, da manutenção da fertilidade do solo e da segurança alimentar. Este trabalho teve como objetivo avaliar os efeitos da aplicação da água da criação de Tilápia do Nilo sobre a cultura da alface lisa Regina, avaliando dois sistemas de irrigação: microaspersão adaptado e gotejamento superficial; dois tipos de água: água residuária de um sistema de criação piscícola e água da Barragem Bico da Pedra e duas profundidades de solo: 0 a 20 cm e 20-40 cm. A água residuária da criação de peixes exerceu influência nutricional sobre as plantas e sobre o solo, apresentou maior teor de nutrientes em relação à água de irrigação oriunda do represamento do Rio Gorutuba e o sistema de irrigação por gotejo superficial, mostrou maior segurança quanto à dispersão de fósforo no solo.

Biografia do Autor

Lize de Moraes Vieira da Cunha CUNHA, L. M. V. da Cunha

Engenheira Agrônoma M. Sc. Produção Vegetal no Semi-Árido Docente em Extensão Rural e Manejo de Ecossistemas e Gestão Ambiental

Mauro Koji Kobayashi

Engo Agrônomo D.Sc Irrigação e Drenagem

Sérgio Avelino Mota Nobre

Engo Agrônomo D.Sc. Fitopatologia

Leila Moraes Alkmim

Graduanda em zootecnia pela UNIMONTES

Downloads

Publicado

2009-12-31

Edição

Seção

2. VI CBA e II CLAA - Agroecossistemas/ Manejo Solo e Água

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)