Eficiência de extratos glicólicos de plantas para o controle alternativo de Colletotrichum acutatum de pimenta vermelha

Autores

  • Marines Batalha Moreno Universidade Federal de Pelotas
  • Bernardo Ueno EMBRAPA Clima Temperado
  • Emanuele Junges Universidade Federal de Santa Maria
  • Gustavo de Paula Kirinus Universidade Federal de Pelotas

Palavras-chave:

Capsicum baccatum, antracnose, agricultura orgânica, fungicida

Resumo

O objetivo do presente trabalho foi avaliar a ação fungicida de 19 extratos glicólicos de diferentes espécies vegetais sobre o fungo Colletotrichum acutatum. Frutos de pimenteira (Capsicum baccatum var. pendulum), maduros e verdes, foram feridos com um feixe de agulhas, e posteriormente imersos nos extratos glicólicos a 1% e nas testemunhas tebuconazole (1ml/L), mancozebe (3g/L) e água destilada, acrescidos de espalhante adesivo (polioxietileno alquilfenol éter) a 0,02%. Após 10 minutos, foi depositado sobre o ferimento uma gota de 10 L de suspensão contendo 106 conídios/mL de C. acutatum. A avaliação do tamanho da lesão nos frutos foi realizada no terceiro, sexto e nono dia após a inoculação. A seguir, os dados obtidos foram convertidos em área abaixo da curva de progresso da doença (AACPD). Os extratos glicólicos testados não apresentaram resultado significativo para o controle de C. acutatum, havendo necessidade de se testar outros extratos vegetais e/ou modificar o método de extração.

Biografia do Autor

Marines Batalha Moreno, Universidade Federal de Pelotas

Acadêmico Curso de Agronomia, FAEM.

Bernardo Ueno, EMBRAPA Clima Temperado

Pesquisador EMBRAPA Clima Temperado.

Emanuele Junges, Universidade Federal de Santa Maria

Academico curso de Agronomia, UFSM.

Gustavo de Paula Kirinus, Universidade Federal de Pelotas

Acadêmico Curso de Agronomia, FAEM.

Downloads

Publicado

2009-12-31

Edição

Seção

1. VI CBA e II CLAA - Agroecossistemas/ Produção Vegetal

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)