Controle alternativo do gorgulho-do-milho, Sitophilus zeamais, em armazenamento com subprodutos do processamento do xisto, no Paraná, Brasil.

Autores

  • Magda Fernanda Paixão Bolsista do Instituto Agronômico do Paraná
  • Dirk Claúdio Ahrens Instituto Agronômico do Paraná
  • Rodolfo Bianco Instituto Agronômico do Paraná
  • Osvaldo de Castro Ohlson Empresa Paranaense de Classificação de Produtos
  • Francisco Skora Neto Instituto Agronômico do Paraná
  • Francinéia Alexandre da Silva Universidade Federal do Paraná
  • Juliane Terezinha Caieiro Empresa Paranaense de Classificação de Produtos
  • Nilceu Ricetti Xavier de Nazareno Instituto Agronômico do Paraná

Palavras-chave:

pragas de grãos armazenados, pós-inertes, cinza de xisto, silício.

Resumo

Estima-se que as perdas anuais causadas por pragas durante o armazenamento de grãos equivalem a 10% da produção no Brasil. O mercado tradicional fornece agrotóxicos para esta finalidade, porém os produtores de base ecológica têm poucas alternativas. Assim, objetivou-se verificar a eficácia dos subprodutos do xisto no controle de S. zeamais em sementes de milho. Foram empregados pós de xisto retortado, finos de xisto, calxisto e cinza de xisto nas doses 2 e 5 Kg/1000 Kg de sementes, terra diatomácea e testemunha não tratada. Os ensaios foram conduzidos em dois locais, em delineamento inteiramente casualizado, três repetições por local e época de avaliação. A mortalidade foi verificada bimestralmente até 180 dias. Verificou-se o efeito dos tratamentos através da ANOVA e diferença de médias por L.S.D., ao nível de P<0,05. Cinza de xisto foi eficiente até os 180 dias de armazenamento, apresentando grande potencial no controle do gorgulho-do-milho para a agricultura de base ecológica.

Biografia do Autor

Magda Fernanda Paixão, Bolsista do Instituto Agronômico do Paraná

Graduação em Ciências - Licenciatura Plena em Biologia pelas Faculdades Integradas "Espírita" (2008). Atualmente é Bolsista do Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR) em Curitiba- PR.

Dirk Claúdio Ahrens, Instituto Agronômico do Paraná

Graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1977), mestrado em Ciência e Tecnologia de Sementes pela Universidade Federal de Pelotas (1993) e doutorado em Agronomia (Produção Vegetal) pela Universidade Federal do Paraná (2000). Atualmente é pesquisador científico do Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR) em Ponta Grossa - PR.

Rodolfo Bianco, Instituto Agronômico do Paraná

Graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1975), mestrado em Entomologia e Acarologia Agricola pelo Colégio de Postgraduados de Chapingo (1982) e doutorado em Entomologia pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiros (1995). Atualmente é Pesquisador do Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR) em Londrina - PR.

Osvaldo de Castro Ohlson, Empresa Paranaense de Classificação de Produtos

Graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal do Paraná (1976) e mestrado em Produção Vegetal pela Universidade Federal do Paraná (2009) . Atualmente é responsável técnico da Empresa Paranaense de Classificação de Produtos, em Curitiba- PR.

Francisco Skora Neto, Instituto Agronômico do Paraná

Graduação em Engenharia Agrônomica pela Universidade Federal do Paraná (1978) , mestrado em Ciências Biológicas (Entomologia) pela Universidade Federal do Paraná (1982) e doutorado em Crop Science - Weed Science pela North Carolina State University (1998) . Atualmente é Pesquisador do Instituto Agronômico do Paraná e Revisor de periódico da Planta Daninha.

Francinéia Alexandre da Silva, Universidade Federal do Paraná

Estudante de graduação da Universidade Federal do Paraná (UFPR)- curso de Agronômia (2004).

Juliane Terezinha Caieiro, Empresa Paranaense de Classificação de Produtos

Graduação em Ciências - Licenciatura Plena em Biologia - Faculdades Integradas Espírita (FIES), mestrado em Produção Vegetal pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Atualmente é analista da Empresa Paranaense de Classificação de Produtos.

Nilceu Ricetti Xavier de Nazareno, Instituto Agronômico do Paraná

Graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal do Paraná (1974), mestrado em Plant Pathology - University of Minnesota (1979) e doutorado em Plant Pathology - Ohio State University (1992). Atualmente é pesquisador III do Instituto Agronômico do Paraná e professor convidado da Universidade Federal do Paraná.

Downloads

Publicado

2009-12-31

Edição

Seção

1. VI CBA e II CLAA - Agroecossistemas/ Produção Vegetal

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>