Estudo fitossociológico de Humiria balsamifera (Aubl.) A. St. Hil em área de pasto apícola em Floresta Ombrófila para determinação de seus usos na Agricultura Familiar.

Autores

  • Ariadne Enes Rocha Universidade Estadual do Maranhão
  • Ana Roberta Lima de Miranda Engenheira Agrônoma -MA

Palavras-chave:

Mirim Múltiplos usos Apicultura

Resumo

O levantamento fitossociológico de Humira balsamifera (Aubl.) A. St. Hil, foi realizado em área de Floresta Ombrófila no Município de Presidente Juscelino situado na mesorregião Norte do Maranhão, através de 15 parcelas de 100 m2, cada, distribuídas em três apiários. Os indivíduos amostrados foram demarcados e estabelecidos os com circunferências à altura do peito ≤ a 10cm, além de suas alturas totais. Foram registrados 332 indivíduos, pertencentes a 17 famílias, nove gêneros e 15 espécies. Humiriaceae registrou maior número de indivíduos (40,36%), seguida de Burseraceae (8,73%), Bombaceae (6,63%), Anacardiaceae (6,33%). O índice de Shannon foi de 2,367 nats/indivíduos-1. A espécie H. balsamifera, destacou-se em todos os parâmetros fitossociológicos, obtendo DoR de 69,47%, DR de 40,36%, FR 14,85%, VI e VC de 41,56% e 54,92%, respectivamente. Foram determinados usos das espécies amostradas, onde H. balsamifera foi caracterizada com fins apícolas, alimentícios, medicinais e madeireiros.

Biografia do Autor

Ariadne Enes Rocha, Universidade Estadual do Maranhão

Professora de Silvicultura, Dep de Fitotecnia e Fitossanida, CCA-UEMA Mestre em Agroecossistemas Doutoranda em Agronomia (Ecologia Vegetal e Meio Ambiente)

Ana Roberta Lima de Miranda, Engenheira Agrônoma -MA

Graduada em Agronomia pela Universidade Estadual do Maranhão.

Downloads

Publicado

2009-12-31

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)