Avaliações físicas e químicas de morango cv. Aromas produzidos em sistema orgânico e convencional

Autores

  • ANA CRISTINA RICHTER KROLOW EMBRAPA
  • JOSÉ ERNANI SCHWENGBER EMBRAPA CLIMA TEMPERADO
  • NÚBIA LETTNIN FERRI EMBRAPA CLIMA TEMPERADO

Resumo

Atualmente, com os cuidados que os consumidores estão tendo com sua saúde, a agricultura orgânica apresenta-se como uma boa alternativa na produção de alimentos mais saudáveis. O objetivo deste trabalho foi realizar uma avaliação inicial comparativa entre morangos produzidos em sistema orgânico e convencional. Foram avaliados o ácido ascórbico, antocianinas, brix, pH, acidez e relação SST/ATT da cv. “Aromas”, produzidas na safra 2006, no sul do Rio Grande do Sul. Os resultados indicam que, no sistema orgânico, as maiores diferenças percentuais foram para os teores de antocianinas, sólidos solúveis totais e relação SST/ATT, apresentando índices de 106,1%, 16,1% e 24,3% superiores em relação ao sistema convencional; enquanto que no sistema convencional, o teor de ácido ascórbico foi 8,4% superior ao verificado no sistema orgânico. Conclui-se que, embora tenha havido diferenças entre os dois sistemas, estas não são significativas.

Biografia do Autor

ANA CRISTINA RICHTER KROLOW, EMBRAPA

Pesquisadora da Embrapa Clima Temperado/Pelots-RS, atua na área de Tecnologia de Alimentos de origem vegetal e animal.

Downloads

Publicado

2007-09-28

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>