Efeito alelopático de extratos vegetais de crotalária e feijão-de-porco no desenvolvimento do picão-preto (Bidens pilosa)

Autores

  • Catarina Lima Carmelita de Moraes do Espírito Santo e Catharino Lima do Espírito Santo
  • Luciana Maria Pereira
  • Nilbe Carla Mapeli

Resumo

Extratos aquosos da parte área de crotalária (Crotalaria juncea L.) e feijão-de-porco (Canavalia ensiformes DC.) foram preparados com o objetivo de determinar a potencialidade alelopática dessas espécies, utilizadas em aquênios de picão-preto (Bidens pilosa). O experimento foi conduzido no laboratório de Botânica da Universidade Estadual de Mato Grosso. Foi avaliado o índice de velocidade de germinação (IVG), a porcentagem germinação, comprimento de hipocótilo e de radícula. Os extratos aquosos de crotalária e feijão de porco apresentam potencial alelopático, reduzindo a germinação e o desenvolvimento inicial de picão-preto.

Biografia do Autor

Luciana Maria Pereira

Academica do terceiro ano do curso de agronomia da Universidade do Estado de Mato Grosso.

Nilbe Carla Mapeli

Professora Doutora do curso de agronomia da Universidade do Estado de Mato Grosso, município de Cáceres-MT.

Downloads

Publicado

2007-09-28

Edição

Seção

Resumos do V CBA - Manejo de Agroecossitemas sustentáveis

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)