Qualidade pós-colheita de abobrinha italiana, produzida em sistema orgânico com composto de farelos, tipo Bokashi®

Autores

  • Neide Botrel EMBRAPA

Resumo

Neide Botrel1, Francisco V. Resende1, Maurício de Oliveira Guimarães2, Rita de Fátima Alves Luengo1, 2, Celso L. Moretti 1 Embrapa Hortaliças, Caixa Postal 218, Brasília , DF,( nbotrel@cnph.embrapa.br) 2 Aluno Faculdade Integrada da Terra de Brasília. RESUMO: A produção orgânica de hortaliças utiliza diferentes práticas de cultivo, entre elas a nutrição de plantas, com influência na qualidade pós-colheita. Caracterizou-se abobrinha Italiana cultivada em diferentes níveis de adubo orgânico, denominado bokashi®, antes e depois do armazenamento refrigerado. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso com 6 repetições, com tratamentos constituídos por 5 doses de adubo orgânico, composto tipo bokashi®, a base de farelos e microorganismos eficientes: 0, 160 g, 320 g, 480 g, 640 g/ cova. Selecionou-se os frutos com comprimento médio de 20 cm e 5,7 cm de diâmetro, acondicionando-os em bandejas de isopor, envolvidos com película de PVC (espessura 10 micras). Foram armazenadas em câmara fria por 17 dias a 10 ± 2 o C e umidade relativa 80% ± 5. Os frutos avaliados no dia da colheita diferiram significativamente em relação aos sólidos solúveis totais (SST) e coloração verde (a*), sendo que quanto maior a dose de bokashi® usado, maiores foram os valores médios observados. A firmeza foi menor nos frutos armazenados que no dia da colheita, assim como a luminosidade. Após 17 dias, os frutos tiveram perda média de massa variando de 1,92 a 3,00 %, porém sem diferença estatística entre os tratamentos. PALAVRAS - CHAVE : Cucurbita pepo, adubo orgânico, qualidade, armazenamento.

Biografia do Autor

Neide Botrel, EMBRAPA

Pequisador Epamig - 9anos Embrapa Agroindústria de Alimentos - 6anos Embrapa Hortaliças - 2,5 anos Vários trabalhos publicados em revistas e períodicos indexados conforme curriculo lattes - CNPQ

Downloads

Publicado

2007-09-28