Abelhas em área de Cerrado em fase de recuperação, no Estado de Mato Grosso do Sul, Brasil

Autores

  • Jessica Amaral Henrique Universidade Federal da Grande Dourados
  • Adrielly Maia Torres Universidade Federal da Grande Dourados
  • Dhemes Fliver Ramos Universidade Federal da Grande Dourados
  • Flavio Gato Cucolo Universidade Federal da Grande Dourados
  • Valter Vieira Alves Júnior Universidade Federal da Grande Dourados

Palavras-chave:

Biodiversidade, Polinizadores, Apidae

Resumo

As abelhas são os mais importantes polinizadores para diversas espécies vegetais. O objetivo do trabalho foi inventariar as espécies de abelhas em uma área de Cerrado aberto em início de fase de recuperação, pois anteriormente havia sido derrubado para formação de pastagem. Dessa forma alguns trabalhos de recuperação da vegetação vêm sendo realizados na área. Os espécimes foram amostrados com a utilização de coletas ativas (uso de rede entomológica) e coletas passivas (uso de iscas-atrativas). A família que apresentou mais espécies foi Apidae, com 14 das 18 espécies amostradas na área de estudo, estando entre elas algumas espécies de interesse econômico.

Referências

CAMPOS, L. A. O.; SILVEIRA, F. A.; OLIVEIRA, M. L.; ABRANTES, C. V. M.; MORATO, E. F; MELO, G. A. R. Utilização de armadilhas para a captura de machos de Euglossini (Hymenoptera, Apoidea). Revista Brasileira de Zoologia, v. 6, p. 621 – 626, 1989.

DANFORTH, B. N; CARDINAL, S; PRAZ, C; ALMEIDA, E. A.B; MICHEZ, D. The impact of molecular data on our understanding of bee phylogeny and evolution. Annual Review of Entomology, v. 58, p. 57 – 78, 2012.

DRESSLER, R. L. Biology of the orchid bees (Euglossini). Annual Review of Ecology and Systematics, v. 13, p. 373 – 94, 1982.

GARÓFALO, C. A.; MARTINS, C. F.; AGUIAR, C.M. L.; DEL LAMA, M. A.; ALVES-DOS-SANTOS, I. As abelhas Solitárias e Perspectivas para seu uso na Polinização no Brasil. In: IMPERATRIZ-FONSECA, V. L.; CANHOS, D. A. L.; ALVES, D. A.; SARAIVA, A. M. (org). Polinizadores do Brasil. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2012. P. 183 – 202.

GRIMALDI, D.; ENGEL, M. S. Evolution of the Insects. Cambridge University Press, 2005. 770 p.

IMPERATRIZ-FONSECA, V. L.; CANHOS, D. A. L.; ALVES, D. A.; SARAIVA, A. M. Polinizadores e Polinização – um Tema Global. In: IMPERATRIZ-FONSECA, V. L.; CANHOS, D. A. L.; ALVES, D. A.; SARAIVA, A. M. (org). Polinizadores do Brasil. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2012. P. 24 – 45.

MYERS, N.; MITTERMEIER, R. A.; MITTERMEIER, C. G.; FONSECA, G. A. B.; KENT, J. Biodiversity hotspots for conservation priorities. Nature, v. 403, p. 853 – 858, 2000.

MORATO, E. F.; CAMPOS, L. A.; MOURE, J. S. Abelhas Euglossini (Hymenoptera, Apidae) coletadas na Amazônia Central. Revista Brasileira de Entomologia, v. 36, p. 767 – 771, 1992.

NEMÉSIO, A. Orchid bees (Hymenoptera: Apidae) of the Brazilian Atlantic Forest. Zootaxa, v. 2041, p. 1 – 242, 2009.

PIVELLO, V. R.; KORMAN, V. Conservação e manejo da biodiversidade. O Cerrado Pé-de-Gigante: ecologia e conservação-Parque Estadual de Vassununga. Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo, São Paulo, p. 297-310, 2005.

RAMIREZ, S.; DRESSLER, R. L.; OSPINA, M. Abejas Euglosinas (Hymenoptera: Apidae) de La Región Neotropical: listado de espécies con notas sobre su biologia. Biota colombiana, v. 3, p. 7 – 118, 2002.

RATTER, J. A.; RIBEIRO, J. F.; BRIDGEWATER, S. The Brazilian Cerrado vegetation and threats to its biodiversity. Annals of Botany, v. 80, p. 223 – 230, 1997.

SAKAGAMI, S. F.; MATSUMURA, T. Relative abundance, phenology and flowers preference of Andrenid Bees in Sapporo, north Japan (Hym, Apoidea). Japanese Journal of Ecology, Sapporo, v.17, p. 237- 250, 1967.

SILVA, C. I.; MARCHI, P.; ALEIXO, K. P.; NUNES-SILVA, B.; FREITAS, B. M.; GARÓFALO, C. A.; IMPERATRIZ-FONSECA, V. L.; OLIVEIRA, P. E. A. M.; ALVES-DOS-SANTOS, I. Manejo dos polinizadores e polinização de flores de maracujazeiro. São Paulo: Instituto de Estudos Avançados da USP/Ministério do Meio Ambiente, 2014. 59 p.

WHITTEN, W. M.; WILLIAMS, N. H.; ARMBRUSTER, W. S.; BATTISTE, M. A. Carvone oxide: an example of convergent evolution in Euglossini pollinated plants. Systematic Botany, v. 11, p. 222 – 228, 1986.

ZAVATINI, J. A. Dinâmica climática no Mato Grosso do Sul. Geografia, v. 17, p. 65-91, 1992.

Downloads

Publicado

2017-01-20

Edição

Seção

Agroecol 2016 - Uso e Conservação dos Recursos Naturais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)