O movimento tempo-escola e tempo-comunidade no bacharelado em Agronomia INCRA-PRONERA/UFSCar

Autores

  • Paola Maia LO SARDO 1 Instituto Federal do Espírito Santo
  • Rodolfo Antônio FIGUEIREDO 2 Universidade Federal de São Carlos

Resumo

O presente artigo, que é parte de uma pesquisa de mestrado, tem por objetivo analisar a modalidade pedagógica utilizada em um curso superior de Agronomia oferecido para assentadas/os da reforma agrária, qual seja a da alternância entre momentos escola e momentos comunidade. A pesquisa aconteceu por meio da análise e interpretação de entrevistas realizadas com os educandas/os do curso. Constatou-se que há certa ruptura na dinâmica pedagógica, a qual se pretende a Pedagogia da Alternância. A partir desta questão, foram propostas algumas estratégias para a superação deste desafio, relacionado à alternância entre tempos e espaços de formação.

Referências

ANTUNES-ROCHA, M. I. MARTINS, M. F. A. TE e TC: territórios educativos da Educação do Campo. In: Territórios Educativos da Educação do Campo: escola, comunidade e movimentos sociais. ANTUNES-ROCHA, M. I.MARTINS, M. F. A.; MARTINS, A. A. (orgs.). Belo Horizonte: Autêntica Editora, p. 21-33, 2012.

CALDART, R. S. Intencionalidades na formação de educadores do campo: reflexões desde a experiência do curso “Pedagogia da Terra da Via Campesina”. In: Territórios Educativos da Educação do Campo: escola, comunidade e movimentos sociais. ANTINES-ROCHA, M. I. MARTINS, M. F. A.; MARTINS, A. A. (orgs.). Belo Horizonte: Autêntica Editora, p.119-142, 2012.

CORREIA, D. M. N.; BATISTA, M. S. X. Alternância no Ensino Superior: o Campo e a Universidade como territórios de formação de Educadores do Campo. In: ANTUNES-ROCHA, M. I. MARTINS, M. F. A.; MARTINS, A. A. (orgs.). Territórios Educativos da Educação do Campo: escola, comunidade e movimentos sociais. Belo Horizonte: Autêntica Editora, p.173-198, 2012.

FREITAS, H. C. A. Rumos da Educação do Campo. Em Aberto. Brasília, v. 24, n. 85, p. 35-49, 2011.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. 42 ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2005.

MICHELOTTI, F.; PEREIRA, G. C. A alternância de tempos e espaços educativos na turma de agronomia em parceria com o MST, ProNERA e UFPA- campus Marabá. In: Territórios Educativos da Educação do Campo: escola, comunidade e movimentos sociais. ANTUNES-ROCHA, M. I. MARTINS, M. F. A.; MARTINS, A. A. (orgs.). Belo Horizonte: Autêntica Editora, p.21-33, 2012.

MORAES, R.; GALIAZZI, M. C. Análise textual discursiva. Ijuí: Unijuí, 2007.

NUNES, V. R. B.; ZORZO, S. S. T. A produção textual no ProNERA: entre o lingüístico e o contexto social. In: XIV Congresso Internacional de Humanidades Brasil-Chile. Palavra e Cultura na América Latina: heranças e desafios, 2011, Brasília. Revista Intercâmbio dos Congressos de Humanidades, Brasília: UBN, 2011.

OLIVEIRA, C. L.; IDE, M. H. S. EFAs e a Pedagogia da Alternância no Médio Jequitinhonha. Perspectivas em Políticas Públicas, v. 2, n. 4, p. 24-38, 2009.

TEIXEIRA, E. S.; BERNARTT, M. L.; TRINDADE, G. A. Estudos sobre Pedagogia da Alternância no Brasil: revisão de literatura e perspectivas para a pesquisa. Educação e Pesquisa, v.34, n.2, p. 227-242, 2008.

Downloads

Publicado

2015-06-25

Edição

Seção

I Simpósio de Agroecologia - IFES/Campus de Alegre

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)