Cultivo de alface em consórcio com hortaliças tradicionais

Autores

  • Camila Cembrolla Telles Universidade de Brasília
  • Yumi Kamila Kamila de Mendonça Fukushi Universidade de Brasília
  • Paulo Romário Romário Pinheiro Bastos Universidade de Brasília
  • Luis Pedro de Almeida Lapa Universidade de Brasília
  • Ana Maria Resende Junqueira Universidade de Brasília

Resumo

Este trabalho teve por objetivo avaliar a aplicação da técnica de consorciação da alface com as hortaliças tradicionais bertalha e taro em diferentes arranjos a fim de se sugerir medidas de manejo em sistemas alternativos de cultivo de hortaliças para a agricultura familiar. O delineamento estatístico foi em blocos totalmente casualizados, com sete tratamentos em quatro repetições. Os parâmetros da alface avaliados foram: altura de planta, o diâmetro de planta, calculado pela circunferência, a massa fresca de parte aérea e a massa seca de parte aérea. Não houve diferença significativa entre os tratamentos para nenhum dos parâmetros avaliados. O consórcio não interferiu no desenvolvimento da alface. A técnica da consorciação da alface com culturas tradicionais aumentou a biodiversidade na área sem interferir negativamente no desempenho agronômico da alface.

Biografia do Autor

Camila Cembrolla Telles, Universidade de Brasília

Engenheira Agrônoma e Mestranda em Agronomia na Universidade de Brasília.

Yumi Kamila Kamila de Mendonça Fukushi, Universidade de Brasília

Engenheira Agrônoma e Mestranda em Agronomia na Universidade de Brasília.

Referências

BRASIL. Hortaliças não-convencionais (tradicionais). Brasília: MAPA/ACS, 2010. 52 p.

CAMILI, E. C.; AZEVEDO, C. C. B. V. de; BOCUTI, E. D.; SILVÉRIO, J. de M.; BARROS, K. da C.; SILVA, A. R. B. de; SEABRA JÚNIOR, S. Cultivo consorciado de alface sob diferentes arranjos espaciais e manejo do dossel de taioba. Dourados, v.6, n.20, p.110-120, 2013.

CECÍLIO FILHO A.B; RESENDE, B. A; CANATO G. H. D. Produtividade de alface e rabanete em cultivo consorciado estabelecido em diferentes épocas e espaçamentos entre linhas. Horticultura Brasileira [online]. v. 25, n. 1, p. 15-19, jan./mar. 2007.

COMETTI N, N: MATIAS, G.C.S; ZONTA, E.; MARY, W; FERNANDES, M,S. Composto nitrogenado e açúcares solúveis em tecidos de alface orgânica, hidropônica e convencional. Horticultura Brasileira, v.22, p.748-753, 2004.

MADEIRA, N. R.; SILVA, P. C.; BOTREL, N.; MENDONÇA, J. L. de; SILVEIRA, G. S. R.; PEDROSA, M. W. Manual de produção de hortaliças tradicionais. Embrapa. Brasílía, DF. 2013, 155p.

MNZAVA, NM. 1997. Vegetable crop diversification and the place of traditional species in the tropics. In: G UARINO, L. (ed.). Traditional African vegetables. Promoting the conservation and use of underutilized and neglected crops. 16 . Proceedings of the IPGRI International Workshop on Genetic Resources of Traditional Vegetables in Africa: Conservation and Use, 29-31 August 1995, ICRAF-HQ, Nairobi, Kenya. Institute of Plant Genetics and Crop Plant Research, Gatersleben/International Plant Genetic Resources Institute, Rome, Italy.

IMBERT, D. et al. Traditional taro (Colocasia esculenta) cultivation in the swamp forest of Guadeloupe (F. W. I.): impact on forest structure and plant biodiversity. Rev. Écol. (Terre Vie), v. 59, p. 181-189, 2004.

PAIVA W. O.; MENEZES J. M. Avaliação do de- sempenho agronômico da bertalha (Basella alba L. syn B. rubra) em Ouro Preto D’Oeste. Acta Amazô- nica, Manaus, v. 19, n. 1, p. 3-7, 1989.

PIMENTA, D. S.; CASALI, V. W. D.; REIS, F. P. Indução do florescimento no inhame (Colocasia esculenta) com ácido giberélico: aplicação nas gemas dos rizomas de quatro cultivares. In: SIMPÓSIO NACIONAL SOBRE A CULTURA DO INHAME (Colocasia esculenta), 1., 1994, Viçosa. Anais... Viçosa, MG: UFV, 1994. p.12-17.

SOUZA, J. L. de; RESENDE, P. Manual de Horticultura Orgânica. 2a ed. Viçosa- MG: Aprenda Fácil, 2006. 843p.

ZANOL, S. V.; FARIAS, R. de M.; MARTINS, C. R.; ROSSOROLA, M. D.; PIVOTO, H. C.; VILLELA, C. E. Cultivo de Hortaliças consorciadas em sistema agroecológico. Revista Brasileira de Agroecologia. v1, n1, p.1119-1122. nov/2006.

Downloads

Publicado

2016-05-15

Edição

Seção

IX CBA 3. Sistemas de Produção Agroecológica.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)