Mutirões Agroflorestais: Uma estratégia para fomentar a convivência comunitária e reaproximar o Ser Humano da terra – Botucatu, SP – Brasil, 2015

Autores

  • Marcelo Gomes Barroca Xavier Universidade Federal de São Carlos - UFSCar
  • Fernando Silveira Franco Universidade Federal de São Carlos - UFSCar

Resumo

Este resumo de experiência descreve como tem sido o ciclo de mutirões-oficina que tem se estabelecido para a implantação e manutenção de uma agrofloresta na sede da ONG Nascentes. Esta ONG está situada no Bairro Demétria, zona rural de Botucatu, no interior de São Paulo. Desde fevereiro, uma vez por mês, os mutirões-oficina acontecem com uma boa participação de moradores do bairro, da cidade de Botucatu, de outras cidades e também de outros países. Objetiva-se estabelecer uma área pedagógica e de preservação para o horto florestal existente na sede. Verifica-se uma satisfação visível nos participantes durante o trabalho que promove o ‘re-ligare’ do ser humano com esta que nos acolhe, a Terra. E tudo isso relacionado com a recuperação do ambiente natural aliado à produção de alimentos para a comunidade e ao empoderamento dos indivíduos quanto ao processo e às ferramentas envolvidas.

Downloads

Publicado

2016-05-18

Edição

Seção

IX CBA-Agroecologia / Relatos de Experiências

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

<< < 1 2 3 > >>