Produzir orgânico: um saber além do tradicional

Autores

  • Gizele Spigolon Figueiredo Universidade Estadual do Norte do Paraná http://orcid.org/0000-0002-7942-3297
  • Flávia Regina Moreira Fernandes Universidade Estadual do Norte do Paraná
  • Rogério Barbosa Macedo Universidade Estadual do Norte do Paraná
  • Diego Contiero da Silva Universidade Estadual do Norte do Paraná
  • Solange Fávero de Lima Medeiros Universidade Estadual do Norte do Paraná
  • Larissa Vinis Correia Universidade Estadual do Norte do Paraná

Palavras-chave:

Certificação, Plano de manejo, Rastreabilidade.

Resumo

Na 2ª fase do Programa Paranaense de Certificação de Produtos Orgânicos (PPCPO), a equipe do Núcleo de Estudos de Agroecologia e Territórios (NEAT), situado na Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) em Bandeirantes PR, em suas ações de ATER aplicaram estudos de caso, com levantamento parcial da propriedade rural para a certificação de orgânicos. Foram visitadas 79 propriedades, destas 30 encontram-se certificadas e 49 aguardam certificação. Observou a recorrência de problemas quanto às documentações exigidas para certificação, demonstrando ausência de informação e capacitação em relação à agricultura orgânica na região, exceto em 16 propriedades certificadas anteriormente. O processo de certificação destacou as ações da equipe na mudança cultural dos produtores ao adotarem o modelo tecnológico de produção orgânica. A importância de programas governamentais que promovam esta área torna a agricultura orgânica um instrumento de melhoria social, econômico e ambiental.

Biografia do Autor

Gizele Spigolon Figueiredo, Universidade Estadual do Norte do Paraná

Graduanda do curso de Engenharia Agronômica da Universidade Estadual do Norte do Paraná, e bolsista do Programa Paranaense de Certificação de Produtos Orgânicos.

Flávia Regina Moreira Fernandes, Universidade Estadual do Norte do Paraná

Formada em Ciências Biológicas e mestranda em Agronomia na Universidade Estadual do Norte do Paraná, bolsista do Núcleo de Estudos de Agroecologia e Territórios.

Rogério Barbosa Macedo, Universidade Estadual do Norte do Paraná

Professor Dr. da Universidade Estadual do Norte do Paraná e coordenador do Núcleo de Estudos de Agroecologia e Territórios.

Diego Contiero da Silva, Universidade Estadual do Norte do Paraná

Formado em Ciências Biológicas e mestrando em Agronomia na Universidade Estadual do Norte do Paraná.

Solange Fávero de Lima Medeiros, Universidade Estadual do Norte do Paraná

Formada em Sistemas de Informação pela Universidade Estadual do Norte do Paraná, e mestranda em Computação Aplicada na UTFPR.

Larissa Vinis Correia, Universidade Estadual do Norte do Paraná

Graduando de Engenharia Agronômica na Universidade Estadual do Norte do Paraná.

Referências

BRASIL. Ministério da Agricultura , Pecuária e Abastecimento. Decreto nº 6.323, de 27 de dezembro de 2007. Disponível em: <http://sistemasweb.agricultura.gov.br/sislegis/action/detalhaAto.do?method=consultarLegislacaoFederal >. Acesso em: 07 de abril de 2015.

BRASIL. Ministério da Agricultura , Pecuária e Abastecimento. Instrução Normativa nº46 de 06 de outubro de 2011. Disponível em: <http://sistemasweb.agricultura.gov.br/sislegis/action/detalhaAto.do?method=consultarLegislacaoFederal>. Acesso em: 07 de abril 2015.

BRIDI, A. M. Padronização, Rastreabilidade e Certificação de Animais e seus Produtos. 2011. Disponível em: <http://www.uel.br/pessoal/ambridi/Carnesecarcacasarquivos/Padronizacao.pdf > Acesso em: 08 abril 2015.

PINHEIRO, K. H. Produtos orgânicos e certificação: o estudo desse processo em uma associação de produtores do município de palmeira - PR. 2012. 116 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Engenharia de Produção, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Ponta Grossa, 2012.

PINHEIRO, K. H; BITTENCOURT, J. V. M. Rastreabilidade para produtos orgânicos oriundos da pequena propriedade: um modelo de referência. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, 30, 2010, São Carlos. Resumo…São Carlos, 2010.

WILLER, H.; KILCHER, L. The world of organic agriculture – statistics and emerging trends. 2010. Nürnberg: IFOAM/FIBL, 2010.

Downloads

Publicado

2016-05-18

Edição

Seção

IX CBA-Agroecologia / Relatos de Experiências

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)