Respostas de plantas de rabanete a adubação orgânica

Autores

  • Patrícia Ferreira da Silva Universidade Federal de Campina Grande
  • Rigoberto Moreira de Matos Universidade Federal de Campina Grande
  • Aryadne Ellen Vilar de Alencar Universidade Federal de Campina Grande
  • Gideilton José Dantas Junior Universidade Federal de Campina Grande
  • José Dantas Neto Universidade Federal de Campina Grande

Resumo

A produção de hortaliças tem aumentado nos últimos anos no Brasil, porém são poucas as informações sobre o manejo da adubação para essas plantas. Objetivou-se avaliar a respostas de plantas de rabanete a adubação orgânica. O experimento foi conduzido em casa de vegetação pertencente à Unidade Acadêmica de Engenharia Agrícola, Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande – PB. Os tratamentos consistiram de três tipos de adubação de fundação (húmus de minhoca 2:2; NPK; solo sem adubação de fundação), em blocos ao acaso, com 7 repetições. O húmus de minhoca proporcionou melhor resposta produtiva às plantas de rabanete aos 35 dias após o transplante. A utilização de adubos orgânicos é uma alternativa viável ao cultivo de rabanete em substituição aos fertilizantes minerais.

Biografia do Autor

Patrícia Ferreira da Silva, Universidade Federal de Campina Grande

Doutoranda em Engenharia Agrícola com área de concentração em Irrigação e drenagem pela Universidade Federal de Campina Grande

Rigoberto Moreira de Matos, Universidade Federal de Campina Grande

Mestrando em Engenharia Agrícola com área de concentração em Irrigação e drenagem pela Universidade Federal de Campina Grande

Aryadne Ellen Vilar de Alencar, Universidade Federal de Campina Grande

Graduanda em Engenharia Agrícola pela UFCG

Gideilton José Dantas Junior, Universidade Federal de Campina Grande

Graduando em Engenharia Agrícola pela UFCG

José Dantas Neto, Universidade Federal de Campina Grande

Professor Titular da Unidade Acadêmica de Engenharia Agrícola pela UFCG

Referências

BENEDETTI, E. L.; SERRAT, B. M.; SANTIN, D.; BRONDANI, G. E.; REISSMANN, C. B.; BIASI, L. A. Calagem e adubação no crescimento de espinheira-santa [Maytenus ilicifolia (Schrad.) Planch.] em casa de vegetação. Revista Braileira de Plantas Medicinais, v.11, n.3, p. 213- 219, 2009.

CARDOSO, A. I. I.; HIRAKI, H. Avaliação de doses e épocas de aplicação de nitrato de cálcio em cobertura na cultura do rabanete. Horticultura Brasileira, v. 19, n. 3, p. 328-331, 2001.

CHAGAS, J. H.; PINTO, J. E. B. P.; BERTOLUCCI, S. K. V.; SANTOS, F. M.; BOTREL P. P.; PINTO, L. B. B. Produção da hortelã-japonesa em função da adubação orgânica no plantio e em cobertura. Horticultura Brasileira, v.29, n.3, p. 412-417, 2011.

EMBRAPA - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Sistema brasileiro de classificação de solos. 3. ed. Rio de Janeiro, Embrapa Solos,2013, 353p.

FERREIRA, D. F. SISVAR: Um programa para análises e ensino de estatística. Revista Symposium, v. 6, n. 2, p. 36-41, 2008.

GUADANIN, E. C. ; SCHOROEDER JUNIOR, L. ; SILVA, V. P. ; SOUZA, M.A.S. Adubação orgânica e mineral em sistema de cultivo protegido. In: Encontro Latino Americano de Iniciação Científica, 13., 2009, São José dos Campos. Resumos expandidos... São José dos Campos: Ciência & Ética o paradigma do século XXI, 2009.

OLIVEIRA, V. C.; OLIVEIRA, M.E.F.; SANTOS, R. M.A QUINO, E. L.; SANTOS, A. R. Resposta de plantas de rúcula à adubação orgânica. Revista Cadernos de Agroecologia, v. 8, n. 2, p.1- 5, 2013.

RODRIGUES, J. F.; REIS, J. M. R.; REIS, M. A. Utilização de estercos em substituição a adubação mineral na cultura do rabanete. Revista Trópica: Ciências Agrárias e Biológicas.v.7, n.2, p. 160-168, 2013.

VITTI, M.R.; VIDAL, M.B.; MORSELLI, T.B.G.; FARIA, J.L.C. Resposta do rabanete a adubação orgânica em ambiente protegido. Revista Brasileira de Agroecologia, v.2,n.1, p. 1158-1161, 2007.

Downloads

Publicado

2016-05-15

Edição

Seção

IX CBA 3. Sistemas de Produção Agroecológica.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)