A Lobeira (Solanum lycocarpum A. St. Hil.) como um Significativo Elemento para a Manutenção da Fauna de Abelhas Polinizadoras de Culturas

Autores

  • Paulo Roberto de Abreu TAVARES Universidade Federal da Grande Dourados, Dourados, MS
  • Valter Vieira ALVES-JUNIOR Universidade Federal da Grande Dourados, Dourados, MS
  • Glaucia Almeida de MORAIS 3Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Ivinhema, MS

Palavras-chave:

Solanaceae, polinização, serviços ambientais

Resumo

Objetivou-se testar o papel de Solanum lycocarpum como fonte de recurso para a manutenção de abelhas importantes aos plantios agrícolas, pelo estudo fenológico qualitativo de uma população. As observações fenológicas foram realizadas na borda de um fragmento secundário, em Ivinhema-MS, de julho de 2012 a julho de 2013. Coletaram-se 322 abelhas, pertencentes a 12 espécies das famílias Apidae e Andrenidae, especialmente Ephicaris flava (56,2%), Centris scopipes (21,1%) e Oxaea flavescens (8,4%). Estas, juntamente com Centris analis, possuem porte corporal grande e comportamento de vibração nas flores, sendo consideradas polinizadoras efetivas de S. lycocarpum. A população apresentou padrão de floração contínuo e quantitativamente uniforme. Tal padrão de florescimento de S. lycocarpum permite considerar a espécie como excelente fonte de recurso para a guilda de abelhas polinizadoras. Recomenda-se o seu plantio ou a manutenção de suas populações visando a melhoria dos serviços ecossistêmicos de polinização de plantas de interesse econômico ou plantas nativas, que delas dependam.

Biografia do Autor

Paulo Roberto de Abreu TAVARES, Universidade Federal da Grande Dourados, Dourados, MS

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (2013). Tem experiência na área de , atuando principalmente nos seguintes temas: juventude rural, agricultura familiar e assentamento taquaral.

Downloads

Publicado

2015-02-21

Edição

Seção

AGROECOL2014 - Trabalhos técnico-científicos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)