Adubação com silício como tática auxiliar no manejo integrado de Plutella xylostella na cultura do repolho

Autores

  • Camila Cembrolla Telles Universidade de Brasília
  • Luciana Morais Universidade de Brasília
  • Ana Maria Junqueira Universidade de Brasília

Palavras-chave:

Brassica oleracea var. capitata, Plutella xylostella, Bacillus thuringiensis, Silício, Manejo integrado de pragas

Resumo

O experimento foi conduzido na Fazenda Água Limpa, da Universidade de Brasília, de agosto a novembro de 2013. O delineamento experimental foi blocos ao acaso, com nove tratamentos em cinco repetições. Os tratamentos foram: Agrosilício, Sifol, Decis, Dipel, Agrosilício + Decis, Agrosilício + Dipel, Sifol + Decis, Sifol + Dipel e testemunha. As aplicações foliares de silício e inseticidas foram iniciadas 30 dias após o transplantio das mudas. As avaliações de perfurações da praga tiveram início uma semana após a primeira aplicação de silício via foliar. Verificou-se ação sinergística na associação entre silício e inseticidas. A adubação com silício apresenta potencial como tática auxiliar no manejo integrado de Plutella xylostella na cultura do repolho. A mistura Sifol + Dipel, ou seja, silício + controle biológico, resultou em menor número de perfurações da praga na planta de repolho.

Biografia do Autor

Camila Cembrolla Telles, Universidade de Brasília

Engenheira Agrônoma e Mestranda em Agronomia na Universidade de Brasília.

Downloads

Publicado

2014-12-09

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)