Olericultura na agricultura familiar em Pontes e Lacerda MT, segundo o Programa SI-NATER

Autores

  • Dieferson de Oliveira Rodrigues Universidade do Estado de Mato Grosso
  • Samuel Laudelino Silva Universidade do Estado de Mato Grosso
  • Gleice Kelli Vieira Universidade do Estado de Mato Grosso

Palavras-chave:

extensão, horticultura, pesquisa, produtor rural, questionários

Resumo

Com o objetivo de identificar o perfil do olericultor na agricultura familiar desenvolveu-se uma pesquisa em interface com o Projeto Seminário Itinerante do Núcleo de Formação, Pesquisa e Extensão em Agroecologia SI-NATER. Foram elaborados questionários estruturados, e aplicados aos agricultores familiares.O instrumento de pesquisa constava com a identificação dos agricultores, idade, grau de escolaridade e tipo de hortaliças. Na pesquisa realizada constatou-se que a idade média dos produtores foi de 51 anos. O nível de escolaridade foi de que 49% dos horticultores cursaram o ensino fundamental, apenas 38% atingiram o ensino médio e 13% nunca foram á escola. O cultivo que mais se destacou foi das hortaliças folhosas que se compreende em alface, almeirão, couve, rúcula e as hortaliças condimento representada por cebolinha, coentro e hortelã. Conclui-se que a produção de hortaliças na região de Pontes e Lacerda/MT é desenvolvida com pouca inovação tecnológica.

Downloads

Publicado

2014-12-09

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)