Cultivares e híbridos de repolho para produção orgânica no verão do Distrito Federal

Autores

  • Francisco Vilela Resende Embrapa Hortaliças
  • Francisco José DOMINGUES NETO Universidade de Marília - UNIMAR Marilia/SP
  • Geanny Pereira de Pinho SILVA Universidade de Brasilia - UnB
  • Tiago dos Santos Pereira Universidade de Brasília - UnB
  • Mariane Carvalho Vidal Embrapa Hortaliças

Palavras-chave:

Brassica oleracea var. capitata, agroecologia, avaliação de germoplasma, produtividade.

Resumo

Este trabalho teve como objetivo avaliar o desempenho agronômico de algumas cultivares e híbridos de repolho em sistema orgânico nas condições de verão do Distrito Federal. O experimento foi conduzido na Área de Pesquisa e Produção Orgânica de Hortaliças (APPOH) da Embrapa Hortaliças, DF. O delineamento experimental adotado foi o de blocos casualizados. Foram testadas quatro cultivares de polinização aberta (Louco de Verão, União, Coração de Boi, 60 dias) e nove híbridos de repolho (Fuyutoyo, Astrus, Saturno, Sekai, Sooshu, Savoy Ace, Bob Cat Shutoku, Kenzan), resultando em 13 tratamentos com quatro repetições. Foram avaliados a produção comercial e o peso médio de de cabeças, estande final e produção de matéria seca. Os Hibridos apresentaram as produtividades e massa média de cabeça mais elevadas com destaque para o grupo Fuyutoyo, Sekai, Astrus e Saturno. Louco de Verão e 60 dias foram os mais produtivos entre as cultivares de polinização aberta e apresentaram produção e peso médio de cabeças semelhante à da maioria dos híbridos

Biografia do Autor

Francisco Vilela Resende, Embrapa Hortaliças

Pesquisador Sistemas de Produção Embrapa Hortaliças Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) Brasília/DF

Downloads

Publicado

2014-12-09

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>