BANCOS ATIVOS DE GERMOPLASMA DA EMBRAPA CLIMA TEMPERADO: RESGATE, CARACTERIZAÇÃO E CONSERVAÇÃO DE RECURSOS GENÉTICOS

Autores

  • Rosa Lia Barbieri
  • Caroline Marques Castro
  • Eva Choer
  • Maria do Carmo Bassois Raseira
  • Daniela Lopes Leite
  • Luís A. Suita de Castro
  • Arione da Silva Pereira
  • Adalberto Coiti Muira
  • Marilice Cordeiro Garrastazú
  • Roberto Pedroso de Oliveira
  • Márcio Paim Mariot
  • Cledimara Sinigaglia
  • Lúcia Helena G. Bento
  • José Eduardo Figueiredo Dornelles

Resumo

Recursos genéticos são uma parte essencial da biodiversidade, responsáveis pelo desenvolvimento sustentável da agricultura e da agroindústria. No entanto, a moderna tecnologia agrícola e a introdução de novas variedades de alto rendimento vêm eliminando, nas plantas cultivadas, uma ampla taxa de sua variabilidade genética, resultante de milhares de anos de evolução. A diversidade dos parentes silvestres destas plantas também está em declínio, devido à expansão das áreas urbanas e das fronteiras agrícolas. Nesse contexto, são de grande importância os bancos ativos de germoplasma, os quais têm como objetivos evitar a perda de recursos genéticos, identificar e caracterizar genótipos, e conservar fontes de genes para uso atual ou futuro. Desde os anos 80 a Embrapa Clima Temperado, localizada em Pelotas, RS, vem mantendo bancos ativos de germoplasma de várias espécies cultivadas e silvestres. Os acessos são adquiridos através de expedições de coleta e de intercâmbio com outras instituições de pesquisa do país e do exterior. Atualmente, estão sendo conservados 133 acessos de batata cultivada, 185 de batatas silvestres (Solanum spp), 33 de batata-doce, 96 de cebola, 33 de cenoura, 148 de cucurbitáceas, 115 de espinheira-santa, 132 de fruteiras nativas, 269 de pimentas e 1155 de prunóides. Palavras-chave: biodiversidade, agricultura sustentável, olerícolas, fruteiras, plantas medicinais.

Publicado

2006-11-12

Edição

Seção

Resumos dos Congressos Brasileiros de Agroecologia

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

<< < 1 2