14772 - Relação entre diversidade de produção, agricultura familiar, e qualidade de vida

Autores

  • Jeane Cruz Portela Universidade Federal Rural do Semi-Árido
  • Maria Laiane do Nascimento Silva Universidade Federal Rural do Semi-Árido
  • Jussiara Sonally Jácome Cavalcante Universidade Federal Rural do Semi-Árido
  • Cezar Augusto Medeiros Rebouças Universidade Federal Rural do Semi-Árido
  • Francisco Ernesto Sobrinho Universidade Federal Rural do Semi-Árido

Palavras-chave:

Transição agroecológica, sustentabilidade, autonomia, Semiárido

Resumo

As estratégias de desenvolvimento convencionais revelam-se limitadas em promover um desenvolvimento sustentável. Assim, uma proposta que valorize a diversidade produtiva e a família deve ser levada em consideração. Diante disso, este trabalho objetivou inter-relacionar os aspectos de uma agricultura baseada na diversidade e em preceitos familiares na zona rural de Florânia-RN. Foram realizadas entrevistas informais com as famílias, a fim de entender as relações socias e produtivas no local. A avaliação da paisagem foi realizada de forma visual e interrogativa, histórico da área e as condições ambientais. Percebe-se que a diversidade produtiva na comunidade rural é favorecida pelas condições ambientais, o que permite a presença de água durante o ano e o solo fértil. Desta forma, constata-se que a qualidade de vida está diretamente ligada ao fato das pessoas conseguirem produzir seu sustento na propiedade, a partir da diversidade da produção agrícola e animal, com total autonomia.

Biografia do Autor

Jeane Cruz Portela, Universidade Federal Rural do Semi-Árido

Docente, Departamento de Ciências Ambientais e Tecnológicas, Universidade Federal Rural do Semi-Árido.

Maria Laiane do Nascimento Silva, Universidade Federal Rural do Semi-Árido

Graduanda em Agronomia, Departamento de Ciências Ambientais e Tecnológicas, Universidade Federal Rural do Semi-Árido.

Jussiara Sonally Jácome Cavalcante, Universidade Federal Rural do Semi-Árido

Graduanda em Agronomia, Departamento de Ciências Ambientais e Tecnológicas, Universidade Federal Rural do Semi-Árido.

Cezar Augusto Medeiros Rebouças, Universidade Federal Rural do Semi-Árido

Graduando em Agronomia, Departamento de Ciências Ambientais e Tecnológicas, Universidade Federal Rural do Semi-Árido.

Francisco Ernesto Sobrinho, Universidade Federal Rural do Semi-Árido

Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Manejo de Solo e Água, Departamento de Ciências Ambientais e Tecnológicas, Universidade Federal Rural do Semi-Árido.

Downloads

Publicado

2013-12-15

Edição

Seção

VIII CBA-Agroecologia / Relatos de Experiências

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)