14230 - Monitoramento de unidades de produção orgânica de hortaliças no Distrito Federal com indicadores de sustentabilidade de solo

Autores

  • Mariane Carvalho Vidal Embrapa Hortaliças
  • Tiago dos Santos Pereira Universidade de Brasília
  • Luiz Otavio Mendonça Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Palavras-chave:

metodologia participativa, adubos verdes, manejo de solo.

Resumo

Avaliar a prática da adubação verde na qualidade do solo por meio da construção participativa de indicadores de sustentabilidade e alguns aspectos técnicos em propriedades orgânicas do DF foi o objetivo desse trabalho. A metodologia utilizada buscou estimar a saúde do solo através de indicadores sensíveis e fáceis de medir em campo com a participação dos agricultores. Foram realizadas duas avaliações: uma caracterização antes do semeio dos adubos verdes e uma após o manejo dessas espécies. Os indicadores de sustentabilidade utilizados se mostraram sensíveis para identificar transformações em alguns atributos do solo. As espécies de adubos verdes usadas como estratégia de rotação com hortaliças podem melhorar a qualidade do solo com relação ao aumento da retenção de água, incremento da atividade microbiológica, além de outros aspectos físicos como estrutura e compactação do solo.

Biografia do Autor

Mariane Carvalho Vidal, Embrapa Hortaliças

Pesquisadora Agroecologia e Produção Orgânica de Hortaliças

Tiago dos Santos Pereira, Universidade de Brasília

Estudante agronomia

Luiz Otavio Mendonça, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

estudante engenharia florestal

Downloads

Publicado

2013-12-24

Edição

Seção

VIII CBA-Agroecologia - Manejo de Agroecossistemas Sustentáveis/Manejo de solo e água

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)