13691 - Fauna invertebrada epigeica associada ao cultivo de café em sistema agroecológico no Território do Vale do Ivinhema, Mato Grosso do Sul

Autores

  • Cleberton Correia Santos Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul - UEMS
  • Ivo de Sá Motta Embrapa Agropecuária Oeste - CPAO
  • Rogério Ferreira da Silva Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul - UEMS
  • Mayara Camila Soares Santos Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul - UEMS
  • Milton Parron Padovan Embrapa Agropecuária Oeste - CPAO

Palavras-chave:

Coffea arabica, sistemas agroecológicos, fauna edáfica, bioindicadores.

Resumo

O objetivo deste trabalho foi ampliar o conhecimento da fauna invertebrada epigeica associada ao cafeeiro cultivado em diferentes arranjos de base agroecológica. O estudo foi realizado no Município de Ivinhema, MS, em área experimental com a espécie Coffea arabica, num Latossolo Vermelho distrófico (LVd). Foram avaliados quatro diferentes sistemas agroecológicos de produção de café: T1 – café solteiro (CS); T2 – café consorciado com bananeira (CB); T3 – café consorciado com leucena (CL); T4 – café consorciado com feijão-guandu (CG). Incluiu-se uma área de vegetação nativa como referencial da condição original do solo (VN). Foram instaladas oito armadilhas de queda “pitfall” em cada sistema, dispostas equidistantes de cinco metros definidos ao longo de um transecto. Os parâmetros avaliados na comunidade epigeica do solo foram: composição taxonômica, densidade, riqueza e diversidade (índice de Shannon-Wiener). Os resultados obtidos mostraram que os grupos com forte dominância foram Collembola, Formicidae e Diptera. A densidade e riqueza apontaram maiores valores no CL. Em relação à diversidade de organismos, verificou-se que foi maior nos sistemas CB, CL e VN, com os valores de 0.79, 0.74 e 0.75, respectivamente. A comunidade epigeica do solo comportou-se de forma diferenciada nos sistemas agroecológicos de produção de café avaliados, podendo ser considerada um importante indicador biológico para verificar a sustentabilidade de agroecossistemas.

Biografia do Autor

Cleberton Correia Santos, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul - UEMS

Graduando em Agroecologia pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS - UUGD), tendo percepção relacionada aos sistemas de produção agropecuários integrados às práticas e perspectivas agroecológicas, pautando-se no uso dos recursos naturais renováveis e produção de alimentos de modo sustentável. Atualmente é bolsista pelo CNPq na modalidade IT (Iniciação Tecnológica), trabalhando na área de produção de mudas de maracujá e substratos alternativos na Embrapa Agropecuária Oeste, Dourados - MS. Tem experiência e desenvolvido trabalhos na área de Monitoramento de Qualidade do Solo, Zoologia (ênfase em organismos do solo), Teste de Vigor de Sementes, Compostagem e Vermicompostagem (Aproveitamento de Resíduos Sólidos Agroindustriais Orgânicos), Produção de Muda, Recuperação de Áreas Degradadas, Agricultura Familiar e Educação Ambiental. E iniciando trabalhos com diagnósticos de áreas em transição agroecológica

Ivo de Sá Motta, Embrapa Agropecuária Oeste - CPAO

Concluiu o doutorado em Agronomia (Produção Vegetal) pela Universidade Estadual de Maringá (2005). Atualmente é Pesquisador A na área de Agroecologia da EMBRAPA - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Atuou no IAPAR - Instituto Agronômico do Paraná na função de Pesquisador em Agroecologia e na EMATER Paraná - Empresa Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural como Extensionista Agrícola. Formação em Agronomia, com experiência em Fitotecnia - Sistemas de Produção, atuando em: Agroecologia, Agricultura Orgânica, Agricultura Familiar, Fruticultura Tropical, Olericultura, Viveiricultura, Culturas de Subsistência (Milho, Feijão e Mandioca) e Sistemas Agroflorestais.

Rogério Ferreira da Silva, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul - UEMS

Em 1987 ingressei no curso de Técnico em Agropecuária na Escola Agrotécnica Federal de Cuiabá, MT, concluindo-o em 1989. Em 1995 obtive o título de Engenheiro Agrônomo pela UFRRJ. Em março de 1996, iniciei o curso de pós-graduação a nível de Mestrado em Ciência do Solo, na UFRRJ, concluindo-o em julho de 1998. Exerci o cargo, em comissão, de Diretor de Departamento de Agricultura (julho de 1998 a dezembro de 2000) e de Secretário Municipal de Agricultura e Meio Ambiente (janeiro a março de 2001) na Prefeitura Municipal de Tanguá, RJ. Em 2001 fui pesquisador bolsista do CNPq (Desenvolvimento Científico Regional-DCR) na Embrapa Agropecuária Oeste, Dourados, MS. Em 2003 ingressei no curso de pós-graduação a nível de Doutorado em Solos, na UEL, PR, concluindo-o em fevereiro de 2006. Em junho de 2006 iniciei o Pós-Doutorado na Embrapa Agropecuária Oeste, Dourados, MS, concluindo-o em julho de 2007. Tenho experiência na área de Agronomia, com ênfase em Biologia do Solo: Manejo e conservação do solo, atuando principalmente nos temas: ecologia do solo, fauna do solo, macrofauna do solo, atributos microbiológicos do solo, atributos físicos e químicos do solo, fixação biológica de nitrogênio, agroecologia, uso de plantas de cobertura, etnosustentabilidade, sustentabilidade de sistemas de produção agropecuária, bioindicadores de qualidade do solo. Em 2007 a 2010, exerci o cargo de Técnico de Nível Superior na UEMS, Dourados, MS, com atividades voltadas a acompanhar as políticas públicas voltadas as questões de inclusão social e o combate à exclusão dos grupos histórica e socialmente discriminados. Atualmente, sou professor adjunto, coordenador do curso de Tecnologia em Agroecologia, Unidade Universitária de Glória de Dourados/UEMS e Bolsista de Extensão/CNPq.

Mayara Camila Soares Santos, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul - UEMS

Graduanda em Tecnologia em Agroecologia pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul. Atualmente é estagiária na Embrapa Agropecuária Oeste, desenvolvendo pesquisas na área de vermicompostagem com diferentes resíduos orgânicos agroindustriais.

Milton Parron Padovan, Embrapa Agropecuária Oeste - CPAO

Graduado em Biologia pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (1995), Doutorado em Agronomia (Ciência do Solo) pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (2002) e Pós-Doutorado em Agroecologia, com ênfase em Sistemas Agroflorestais, junto ao Programa de Pós-Graduação em Agroecologia da Universidade Federal de Viçosa. A maior experiência concentra na área de Agronomia/Ciência do Solo, com ênfase em Agroecologia, atuando na Extensão Rural e, principalmente, em pesquisa, porém com atividades também voltadas à docência. Autor de 2 livros; editor de 6 livros; autor de 16 capítulos de livros; autor de mais de 48 trabalhos publicados em revistas científicas e mais de 130 artigos e resumos expandidos publicados em anais de eventos técnico-científicos; orientou dezenas de estudantes em nível médio, graduação e pós-graduação; atuou na docência em diversos cursos, compreendendo: nível médio, graduações e pós-graduações (especializações e mestrados); ministrou dezenas de palestras e cursos. Atualmente é Pesquisador A da Embrapa Agropecuária Oeste, na área de Agroecologia, e professor efetivo no Mestrado em Biologia Geral (ênfase em Bioprospecção) e Mestrado em Agronegócios e Desenvolvimento, ambos da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) em parceria com a Embrapa Agropecuária Oeste. Desenvolve estudos nas linhas de pesquisa em sistemas agroflorestais diversificados, adubação verde, arranjos de produção de base agroecológica e serviços ambientais.

Downloads

Publicado

2013-12-18

Edição

Seção

VIII CBA-Agroecologia - Manejo de Agroecossistemas Sustentáveis/Produção Vegetal

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >>