12626 - Desafios da educação em Agroecologia: A experiência do curso de Especialização “Convivência com o Semi-árido na Perspectiva da Segurança e da Soberania Al"imentar e da Agroecologia

Autores

  • Maria Virginia de Almeida Aguiar UFRPE, Recife, PE - Brasil
  • Marcos Antônio Bezerra Figueiredo Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • Maria Zênia Tavares da Silva Universidade Federal Rural de Pernambuco

Palavras-chave:

Educação em Agroecologia, convivência com o semi-árido, campesinato, segurança e soberania alimentar,

Resumo

A educação em Agroecologia é um desafio importante para estabelecer processos de convivência com o Semi-árido e para a segurança e soberania alimentar de camponeses que vivem na região. O presente artigo apresenta questões relativas a educação em Agroecologia à partir de uma experiência de um curso de especialização voltado para o Semi-árido pernambucano.

Biografia do Autor

Maria Virginia de Almeida Aguiar, UFRPE, Recife, PE - Brasil

graduação em Agronomia (1990) e especialização em Educação Ambiental (1994) pela Universidade Federal de Mato Grosso e doutorado em Agroecologia, Sociologia y Desarrollo Rural Sostenible pela Universidade de Córdoba/Espanha (2007), reconhecido pelo Programa de Posgraduação em Desenvolvimento Rural da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2008). Trabalhou ultimamente como consultora - Programas das Nações Unidas para o Desenvolvimento no Brasil e no Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura em projetos voltados para a agricultura familiar vinculados ao Departamento de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ministério do Desenvolvimento Agrário/Secretaria da Agricultura Familiar. Atualmente é professora de Extensão Rural na Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Downloads

Publicado

2011-11-10

Edição

Seção

VII CBA - 8 - Educação e Formação em Agroecologia

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

<< < 1 2