11798 - Avaliação participativa de Indicadores de Sustentabilidade no manejo de agroecossistemas de guaraná em três propriedades familiares das comunidades Nova União e Vida Feliz da área indígena Sateré Mawé no Andirá-Barreirinha/AM.

Autores

  • Lucileny Ferreira da Silva UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS
  • Francisneide de Sousa Lourenço Universidade do Estado do Amazonas
  • Glauber Jacaúna Xisto Universidade do Estado do Amazonas

Palavras-chave:

Desenvolvimento Sustentável. Agricultura Familiar. Agroecossistemas.

Resumo

Estudou-se o levantamento de indicadores que, permitam mensurar, os níveis de sustentabilidade de três propriedades familiares das comunidades Nova União e Vida Feliz da área indígena Sateré Mawé, no rio Andirá, Município de Barreirinha. Para chegar a esses resultados, a pesquisa utilizou a abordagem sistêmica e holística, baseada em Morin, que propõe uma abordagem multidisciplinar e multirreferencial para a construção do conhecimento. Os dados foram coletados, por meio da pesquisa ação, relatos, observação participante, entrevistas estruturadas, conversas informais e dados secundários. Os resultados revelaram que, os indicadores levantados visando estimar a sustentabilidade nas três propriedades permitiram mensurar, os níveis de sustentabilidade quanto à realidade social, cultural, econômica e ambiental, demonstrando que estas propriedades estão dentro do nível de sustentabilidade. E o que define o grau de sustentabilidade, em cada uma destas áreas, é o tempo e à forma como cada agricultor manejou e a maneja.

Biografia do Autor

Lucileny Ferreira da Silva, UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS

Formada em Tecnologia em Agroecologia da Universidade do Estado do Amazonas

Downloads

Publicado

2011-11-10

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>