11627 - Avaliação Econômica de Atividades agrícolas e Transferência de Renda (Bolsa Família)

Autores

  • Vânia Christina Nascimento Porto Professora da UFERSA
  • Nildo Silva Dias Professor da UFERSA
  • Raniere Barbosa Lira UFERSA
  • Raimundo Fernandes Brito
  • Osvaldo Nogueira Sousa Neto Mestrando em Ciência do Solo pela a UFERSA

Palavras-chave:

Agroecologia, assentamento rural, pluriatividade, renda.

Resumo

Este estudo aborda a qualidade de vida econômica dos assentados fazendo referência às diferentes atividades agrícolas e não agrícolas para entender as estratégias de sobrevivência da Agricultura Familiar a partir da sua unidade de produção e suas relações com as políticas públicas (bolsa família), de acordo com atividades de produção e atividades não agrícolas. A metodologia abordada foi com base o Guia Metodológico da FAO. A tipologia de produtor foi denominada de Agricultor familiar com atividades agrícolas e transferência de renda (bolsa família), representado por P1. Os programas de transferência de renda, deveria ser aplicado na perspectivas de fortalecer as atividades produtivas, das famílias e não meramente como distribuir renda.

Biografia do Autor

Vânia Christina Nascimento Porto, Professora da UFERSA

Doutora em Fitotecnia

Nildo Silva Dias, Professor da UFERSA

Doutor em Agronomia

Raniere Barbosa Lira, UFERSA

É Especialista em Agricultura Familiar Camponesa e Educação do campo, possui Mestrado em Ciência do solo e é bolsista do Núcleo de Agroecológia da UFERSA.

Raimundo Fernandes Brito

Mestre em Ciência do Solo

Osvaldo Nogueira Sousa Neto, Mestrando em Ciência do Solo pela a UFERSA

Mestrando em Ciência do Solo pela a UFERSA

Downloads

Publicado

2011-11-10

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>