10746 - O papel das instituições na dinâmica da transição agroecológica: estudo de caso em Nova Friburgo (RJ)

Autores

  • Pierre-Nicolas Grisel REEDS/UVSQ
  • Renato Linhares de Assis Embrapa Agrobiologia

Palavras-chave:

transição agroecológica, agricultura familiar, ambiente de montanha, horticultura intensiva, sistema de produção.

Resumo

A região rural do sudoeste de Nova Friburgo (RJ) é hoje especializada na produção convencional de hortaliças. Ela passou por um período rápido de intensificação agrícola na década de 1970 que transformou o antigo sistema agrário. Hoje, existem sistemas de produção que geram impactos ambientais preocupantes e que são questionados pelos próprios agricultores como saúde humana, qualidade dos solos, problemas fitossanitários. Neste estudo, propomos uma análise da dinâmica das transições atuais baseada em entrevistas com agricultores familiares (19) e funcionários de empresas para-agrícolas (18). Graças a estruturação do papel dos atores, das instituições e das redes de influências, procuramos entender a forma geral dos mecanismos de mudança tecnológica dos sistema de produção. Mostramos que cada tipo de ator ocupa uma posição específica no inicio da mudança. Para que práticas agroecológicas sejam adotadas seria então preciso levar em conta a globalidade dos mecanismos de transição.

Biografia do Autor

Pierre-Nicolas Grisel, REEDS/UVSQ

Agrônomo pelo INA PG França e Doutorando em Economia pela Universidade de Versailles-Saint Quentin na França

Renato Linhares de Assis, Embrapa Agrobiologia

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (1984), mestrado em Agronomia (Ciências do Solo) pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (1993) e doutorado em Economia Aplicada pela Universidade Estadual de Campinas (2002). Atualmente é pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária junto ao Centro Nacional de Pesquisa de Agrobiologia e professor colaborador da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Agroecologia, com ênfase em Desenvolvimento Rural, atuando principalmente nos seguintes temas: agricultura orgânica, procesos participativos de construção de conhecimentos, agricultura familiar, avaliação da sustentabilidade agrícola e políticas públicas.

Downloads

Publicado

2011-11-13

Edição

Seção

VII CBA - 1. Conhecimento, tecnologias sustentáveis e políticas públicas