10506 - A extensão rural pública e a transição agroecológica no Oeste de Santa Catarina

Autores

  • Célio Haverroth Epagri
  • José Geraldo Wizniewsky Universidade Federal de Santa Maria
  • Luiz A. F. Verona Epagri

Palavras-chave:

Extensão rural, agroecologia, transição agroecológica

Resumo

Neste trabalho o processo de transição é analisado a partir da perspectiva e da ação da extensão rural pública, tendo como área de estudo o Oeste Catarinense. Foram aplicados questionários aos extensionistas de cinqüenta e oito municípios da referida região. Foi avaliado a informação dos técnicos e os eixos de atuação da extensão rural. A principal motivação, citada pelos entrevistados, para o processo transição agroecológica ocorrer, por iniciativa dos agricultores, é a saúde e qualidade de vida. As dificuldades para a efetivação da transição são diversas e se correlacionam com as temáticas da extensão rural, onde a agroecologia não está incorporada como orientadora da ação extensionista. A atuação da empresa pública na região apresenta características típicas do período histórico da extensão orientada pelo modelo difusionista, que privilegiava a atuação por produtos, com forte ligação ao crédito rural e a divisão do trabalho entre extensionistas rurais e sociais.

Biografia do Autor

Célio Haverroth, Epagri

Extensionista Rural da Epagri/Mestrando em Extensão Rural pela UFSM

Downloads

Publicado

2012-01-01

Edição

Seção

VII CBA - 1. Conhecimento, tecnologias sustentáveis e políticas públicas

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>