110 -Terra, água e sementes: a mística como símbolo da identidade camponesa para jovens rurais

Autores

  • Waldinalva da Silva TEIXEIRA CNPq/NEAF/UFG
  • Lázara Yara Ferreira VALVERDE NEAF/UFG
  • Jesiel Souza SILVA CNPq/NEAF/UFG
  • Cátia Regina Almeida Assis LEAL NEAF/UFG
  • Dinalva Donizete RIBEIRO NEAF/UFG

Palavras-chave:

mística, MST, jovens rurais, intervivência, socialização de conhecimentos.

Resumo

Esse trabalho objetiva relatar a experiência de utilização da Mística encenada pelo MST (Movimento dos Trabalhadores sem Terra) como elemento educativo capaz de contribuir com o resgate da identidade camponesa de jovens rurais assentados. Essa experiência é oriunda da execução do projeto “Orientação e instrumentalização de jovens rurais para atuarem como agentes multiplicadores na organização sócio produtiva de seus assentamentos”, financiado pelo Edital MCT/CNPq/CT-AGRONEGÓCIO/MDA - Nº 23/2008 - Programa Inter vivência Universitária, denominado pela equipe executora como Projeto “Jovens Rurais”. Tem caráter multi e interdisciplinar da equipe e do projeto, a metodologia utilizada tem intenção participativa, considerando a experiência dos profissionais, as demandas dos Assentamentos, a experiência dos jovens no que tange às suas relações e práticas cotidianas. A encenação da Mística se constituiu em um momento de troca de experiências a respeito da luta pela terra e resgate da cultura camponesa entre jovens e pessoas envolvidas com o MST.

Downloads

Publicado

2011-06-17