Uso de Faixa de Flores no Controle de Insetos Pragas no Contexto da Agricultura Sustentável

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Flávia Silva Barbosa Elen Lima Aguiar-Menezes Leilson Novaes Arruda Carlos Leandro Rodrigues dos Santos Maurício Ballesteiro Pereira

Resumo

A diversidade vegetal favorece recursos alimentares alternativos para inimigos naturais de insetos pragas, sem contar que as plantas elaboram metabólitos secundários capazes de atrair organismos benéficos como resposta induzida indireta ao ataque de insetos. A atratividade das flores para os inimigos naturais é uma característica importante a ser considerada na seleção de plantas que devem compor as paisagens agrícolas, tendo em vista que a disponibilidade de néctar e pólen para predadores e parasitóides, é um dos pré-requisitos para potencializar sua eficácia como agentes de controle biológico. A presente revisão tem o objetivo de demonstrar que o uso de faixa de flores em cultivos agrícolas pode possibilitar o aumento da densidade e diversidade de inimigos naturais das pragas, otimizando a função do controle biológico natural, por servirem como fonte de recursos vitais, e por possibilitar o aumento da sua eficácia através de efeitos combinados do aumento da sobrevivência, longevidade, fecundidade, tempo de retenção e imigração dos inimigos naturais, particularmente predadores e parasitóides.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
BARBOSA, Flávia Silva et al. Uso de Faixa de Flores no Controle de Insetos Pragas no Contexto da Agricultura Sustentável. Revista Brasileira de Agroecologia, [S.l.], v. 6, n. 2, aug. 2011. ISSN 1980-9735. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/rbagroecologia/article/view/9869>. Acesso em: 05 dec. 2020.
Palavras-chave
Agroecologia; controle biológico conservativo, manejo do hábitat.
Seção
Artigos