Plantas Indicadoras em Sistemas de Cultivo de Erva Mate e Bracatinga

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Angelo Sandra Beatriz Vicenzi Fernandes Piaia

Resumo

O presente trabalho procurou identificar plantas indicadoras de atributos de solo em sistemas de cultivo de erva-mate e bracatinga no município de Augusto Pestana – RS (IRDeR/UNIJUI), no período de 10 de setembro a 15 de outubro de 2008. Os sistemas de cultivo foram: erva-mate consorciada com bracatinga; erva-mate em área de encosta; erva-mate em área de baixada e, bracatinga em cultivo puro. Coletaram-se 5 amostras de fitomassa (1m² ) e de solo, cada qual compostas de 5 sub-amostras, na linha de cultivos. As plantas espontâneas de cada sistema foram recenceadas quanto à diversidade e abundância e correlacionadas às condições de fertilidade do solo. Dentre as correlações significativas destacam-se a associação negativa de Cyperus sp e Aristida longiseta com pH, justificando sua presença em situações de baixo pH. A espécie Iresine diffusa apresentou uma associação positiva com manganês, também associada à baixo pH..

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
PIAIA, Angelo Sandra Beatriz Vicenzi Fernandes. Plantas Indicadoras em Sistemas de Cultivo de Erva Mate e Bracatinga. Revista Brasileira de Agroecologia, [S.l.], v. 4, n. 2, dec. 2009. ISSN 1980-9735. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/rbagroecologia/article/view/8037>. Acesso em: 13 aug. 2020.
Palavras-chave
plantas espontâneas; espécies indicadoras; atributos de solo; fertilidade do solo.
Seção
2. VI CBA e II CLAA - Agroecossistemas/ Manejo Solo e Água