Maricultura e meio ambiente: tecnologias, impactos e sustentabilidade

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Rodrigo Randow de Freitas Karla Gonçalves da Costa Fausto Silvestri

Resumo

No presente trabalho, apresentaremos a maricultura, vista como tecnologia de produção de alimento de origem marinha e possível alternativa para contribuir com a alimentação e superação da pobreza de grande parte da população, e suas implicações ambientais. Nós procuramos apresentar as diferentes tecnologias atualmente empregadas, bem como as alterações que a atividade pode causar no meio ambiente. Foi observado que a quantidade de impactos ambientais negativos se sobressai aos impactos positivos se a produção não for realizada de forma adequada e que os impactos ambientais positivos são benéficos dependendo do ponto de vista. Os estudos na área de maricultura são recentes, principalmente no Brasil. Assim a identificação de seus problemas focada nas possibilidades de correção ou redução das diferentes modalidades de impactos fazem parte da construção de uma metodologia mais adequada para o alcance da sustentabilidade tão desejada.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
FREITAS, Rodrigo Randow de; COSTA, Karla Gonçalves da; SILVESTRI, Fausto. Maricultura e meio ambiente: tecnologias, impactos e sustentabilidade. Revista Brasileira de Agroecologia, [S.l.], v. 4, n. 3, dec. 2009. ISSN 1980-9735. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/rbagroecologia/article/view/7733>. Acesso em: 23 oct. 2021.
Seção
Artigos completos - Uso e Conservação de Recursos Naturais