Fontes de adubos orgânicos na produção de rúcula

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Lucas Kevin Andrade Cruz http://orcid.org/0000-0002-9819-2463 Gabriel Marostegan Ruffino http://orcid.org/0000-0001-8470-5611 Raíra Andrade Pelvine, Pelvine http://orcid.org/0000-0001-9005-6128 Antonio Ismael Inácio Cardoso http://orcid.org/0000-0003-3251-9491

Resumo

Tem-se observado um aumento na produção de rúcula em sistema orgânico, porém, existem poucos estudos com adubação orgânica na produção dessa hortaliça. Objetivou-se com o presente trabalho, avaliar a produção de rúcula, com três fontes de adubos orgânicos antes do plantio, e duas fontes em cobertura. Foram avaliados seis tratamentos, com cinco repetições, no delineamento experimental de blocos ao acaso. Os tratamentos avaliados foram: controle sem adubação; apenas adubação de plantio (AP) com esterco bovino (EB); apenas AP com EB + torta de mamona (TM); apenas AP com EB + bokashi (BOK); AP com EB e adubação de cobertura (AC) com TM; AP com EB e AC com BOK. A combinação de EB com TM ou BOK no plantio e AP com EB + AC com TM foram os tratamentos superiores ao controle para todas as características relacionadas à produção. Obteve-se maior número de folhas, massa fresca por planta e altura das plantas no tratamento de AP com EB + AC com TM (27,9, 34,1 g e 33 cm, respectivamente). A incorporação de TM ou BOK pode ser feita no plantio, junto com o EB, visando diminuir custos com mão de obra, em comparação a aplicação em cobertura.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
ANDRADE CRUZ, Lucas Kevin et al. Fontes de adubos orgânicos na produção de rúcula. Revista Brasileira de Agroecologia, [S.l.], v. 16, n. 2, p. 9, june 2021. ISSN 1980-9735. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/rbagroecologia/article/view/23252>. Acesso em: 26 oct. 2021. doi: https://doi.org/10.33240/rba.v16i2.23252.
Seção
Artigos

Referências

AGUIAR JÚNIOR, R.A.; GUISCEM, J.M.; SILVA, A.G.P.; FIGUEIREDO, R.T.; CHAVES, A.M.; PAIVA, J.B.P.; SANTOS, F.N. Interferência de doses de nitrogênio na produção de área foliar, biomassa fresca e seca de rúcula. Horticultura Brasileira, v.28, n.2, p.S3970-S3974, 2010.
ALVES, M. A. S; BOTELHO, M. I. V. Agroecologia e novos meios de vida para o desenvolvimento rural sustentável. Revista Brasileira de Agroecologia, v. 9, n. 2, p. 114-129, 2014.
AOAC. Official methods of analysis of the association of official analytical chemistry international. 18. ed. Gaithersburg: ASSOCIATION OF OFFICIAL ANALYTICAL CHEMISTRY, 2005.
CAIXETA, M.M.A.; ALMEIDA, M.J.; WINDER, A.R.S.; DARIN, E.P.; BUSO, W.H.D. Desempenho da rúcula cultivada em diferentes modos de adubação. Revista Mirante, v.10, n.2, p.191-200, 2017.
CAMPOS, B.O.; OSHIRO, V.S.; AYD, M. Avaliação química de rúcula de diferentes procedências. Revista Interbio, v.7, n.2, p.54-60, 2013.
CANDIAN, J.S. Doses e épocas de aplicação de torta de mamona na produção, características físico-químicas e teores de macronutrientes em couve-flor sob manejo orgânico. 2018. 58 p. Tese (Doutorado). Botucatu: Faculdade de Ciências Agronômicas, Universidade Estadual Paulista, Botucatu, 2018.
CARVALHO, K.S.; SILVA, E.M.B.; SILVEIRA, M.H.D.; CABRAL, C.E.A.; LEITE, N.; Rúcula submetida à adubação nitrogenada via fertirrigação. Enciclopédia Biosfera, v.8, n.15; p.1545-1553, 2012.
CAVALLARO, M.L.J.; TRANI, P.E.; PASSOS, F.A.; NETO, J.K.; TIVELLI, S.W. Produtividade de rúcula e tomate em função da adubação N e P orgânica e mineral. Bragantia, v.68, n.2, p.347-356, 2009.
CHITARRA, M.I.F.; CHITARRA, A.B. Pós-colheita de frutas e hortaliças: fisiologia e manuseio. 2. ed. rev. e atual. Lavras: UFLA, 2005.
CUNHA, A.R.; MARTINS, D. Classificação climática para os municípios de Botucatu e São Manuel, SP. Irriga, v.14, n.1, p.1-11, 2009.
DAGAR, A.; WEKSLER, A.; FRIEDMAN, H.; OGUNDIWIN, E.A.; CRISOSTO, C.H.; AHMAD, R.; LURIE, L. Comparing ripening and storage characteristics of “Oded” peach and its nectarine mutant “Yuval”. Postharvest Biology and Technology, v.60, n.1, p.1-6, 2011.
FERREIRA, D.F. Sisvar: a computer statistic analysis system. Ciência e Agrotecnologia, v.35, n.6, p.1039-1042, 2011.
FILGUEIRA, F.A.R. Novo manual de olericultura: agrotecnologia moderna ana produção e comercialização de hortaliças. 3 ed. Viçosa, MG: UFV, 2008. 421 p.
FONSECA, J.O.G.; OLIVEIRA, E.A.G.; RIBEIRO, R.L.D.; ARAÚJO, E.S.; GUERRA, J.G.M.; ESPINDOLA, J.A.A. Desempenho agronômico de alface e rúcula em sucessão, em função de diferentes doses de composto fermentado, sob manejo orgânico. Cadernos de Agroecologia, v.9, n.3, p.1-4, 2014.
FREITAS, B.V. Resposta agroeconômica da produção de rúcula adubada com húmus de minhoca sucedida pelo cultivo de rabanete. 2017. 77 p. Dissertação (Mestrado). Universidade Federal Rural do Semi-Árido, Mossoró, 2017.
GRANGEIRO, L.C.; OLIVEIRA, F.; NEGREIROS, M.; MARROCOS, S.; LUCENA, R.; OLIVEIRA, R. Crescimento e acúmulo de nutrientes em coentro e rúcula. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, v.6, n.1, p.11-16, 2011.
INSTITUTO ADOLFO LUTZ. Métodos físicos e químicos para análise de alimentos. 4. ed. São Paulo: Instituto Adolfo Lutz, 2008.
KIEHL, E.J. Novo fertilizantes orgânicos. Piracicaba: Degaspari. 2010. 248 p.
LANNA, N.B.L. Composto orgânico e torta de mamona na produção e qualidade de frutos e sementes de abobrinha-de-moita. 2018, 120 p. Tese (Doutorado). Botucatu: Faculdade de Ciências Agronômicas, Universidade Estadual Paulista, Botucatu, 2018.
MALAVOLTA, E.; PIMENTEL-GOMES, F.: ALCARDE, J.C. Adubos e adubações. São Paulo: Nobel, 200 p. 2002.
MARCUSSI, F.F.N.; GODOY, L.J.G.; VILLAS BOAS, R.L. Fertirrigação nitrogenada e potássica na cultura do pimentão baseada no acúmulo de N e P pela planta. Irriga, v.9, n.1, p.41-51, 2004.
MEINERZ, M.J.A.O. Qualidade física, química e físico-quimica de rúcula orgânica em função do período de colheita e armazenamento. 2015. 50 p. Dissertação (Mestrado). Universidade Federal Rural do Semi-Árido, Mossoró, 2015.
MELO, A. V. de; GALVÃO, J. C. C.; BRAUN, H.; SANTOS, M. M. dos; COIMBRA, R. R.; SILVA, R. R. da; REIS, W. F. dos. Extração de nutrientes e produção de biomassa de aveia preta cultivada em solo submetido a dezoito anos de adubação orgânica e mineral. Semina: Ciências Agrárias, v. 32, n. 2, p. 411–420, 2011.
MINAMI, K.; NETO, J.T. A cultura da rúcula (Série Produtor Rural). Piracicaba: ESALQ, 19 p., 1998.
MÓGOR, Á.F.; BARBIZAN, T.; PAULETTI, V.; OLIVEIRA, J.; BETTONI, M.M. Teores de clorofila em cultivares de tomateiro submetidas a aplicações foliares de magnésio. Pesquisa Agropecuária Tropical, v.43, n.4, p.10-15, 2013.
MOREIRA, F.M.S.; SIQUEIRA, J.O. Microbiologia e bioquímica do solo. Lavras: UFLA, 626 p., 2002.
NUNES, C.J.S.; SOUZA, M.L.; FERREIRA, R.L.F. Qualidade e pós-colheita da rúcula orgânica armazenada sob refrigeração. Enciclopédia Biosfera, v.9, n.17, p.2231-2240, 2013.
OLIVEIRA E.Q; SOUZA, R.J; CRUZ M.C.M.; MARQUES V.B; FRANÇA A.C. Produtividade de alface e rúcula, em sistema consorciado, sob adubação orgânica e mineral. Horticultura Brasileira, v.28, n.1, p.36-40, 2010.
PURQUERIO, L.F.V.; DEMANT, L.A.R.; GOTO, R.; VILLAS BOAS, R.L. Efeito da adubação nitrogenada de cobertura e do espaçamento sobre a produção de rúcula. Horticultura Brasileira, v.25, n.3, p.464-470, 2007.
SALLES, J.S.; STEINER, F.; ABAKER, J.E.P.; FERREIRA, T.S.; MARTINS, G.L.M. Resposta da rúcula à adubação orgânica com diferentes compostos orgânicos. Revista de Agricultura Neotropical, v.4, n.2, p. 35-40, 2017.
SANTOS, L. L.; SEABRA JUNIOR, S.; NUNES, M. C. M. Luminosidade, temperatura do ar e do solo em ambientes de cultivo protegido. Revista de Ciências AgroAmbientais, v.8, n.1, p.83- 93, 2010
SEVERINO, L.S.; COSTA, F.X.; BELTRÃO, N.E.M.; LUCENA, A.M.A.; GUIMARÃES, M.M.B. Mineralização da torta de mamona, esterco bovino e bagaço de cana estimada pela respiração microbiana. Revista de Biologia e Ciências da Terra, v.5, n.1, p.1-7, 2004.
SILVA, M. C.; PEREIRA, F. H. F.; SARMENTO, A. L. R.; MEDEIROS, J. E.; LACERDA, F. H. D. Fontes de esterco e concentração de nutrientes na solução nutritiva em alface cultivada em solo. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v. 6, p. 41-49, 2011.
SILVA, P.H.S. Adubação nitrogenada em rúcula: Efeitos no crescimento, produtividade e nutrição. 2017. 36 p. Dissertação (Mestrado). Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Jaboticabal, 2017.
SILVA, P.N.L.; LANNA, N.B.L.; CARDOSO, A.I.I. Produção de beterraba em função de doses de torta de mamona em cobertura. Horticultura Brasileira, v.34, p.416-421, 2016.
SILVA, P.N.L.; LANNA, N.B.L.; CARDOSO, A.I.I. Doses de bokashi em cobertura na produção de beterraba. Revista de Agricultura Neotropical, v.5, n.1, p.28-34, 2018.
SOARES, K.R.M. Efeito de diferentes doses de composto fermentado “tipo bokashi” na produção de rúcula. 2018. 45 f. Dissertação (Mestrado). Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2018.
SOUZA, J.L. Cultivo orgânico de hortaliça: sistema de produção. Viçosa, MG: CPT, 154 p, 1999.
SOUZA, J. L.; RESENDE, P. Manual de Horticultura Orgânica. Viçosa, MG: Editora Aprenda Fácil, 564 p. 2014.
SOUZA, L.F.G.; RODRIGUES, M.A.; SILVA, M.L.P.; SILVA, G.S.; CECILIO FILHO, A.B. Caracterização de sintomas de excesso de micronutrientes e deficiência de macronutrientes em rúcula. Horticultura Brasileira, v.29, n.2, p.1-8, 2011.
TRANI, P.E.; RAIJ, B. Van. Hortaliças. In: RAIJ, B. Van et al. Recomendações de adubação e calagem para o Estado de São Paulo. 2. ed. Campinas: Instituto Agronômico & Fundação IAC, 1997. 285p.
TRANI, P.E.; TAMISO, L.G.; HASS, F.J.; TAVARES, M.; BERTON, R.S. Adubação orgânica da alface de verão sob cultivo protegido. Horticultura Brasileira, v.18, Suplemento, p.762-764, 2000.
VILELA, G.F; MANGABEIRA, J.A. de C.; MAGALHÃES, L.A.; TÔSTO, S.G. Agricultura orgânica no Brasil: um estudo sobre Cadastro Nacional de Produtores orgânicos. 1 ed. Campinas: Embrapa Territorial, 2019. 20p. Disponível em: . Acesso em: 10 jun. 2020.
YONG, J.W.H.; NG, Y.F.; TAN, S.N.; CHEW, A.Y.L. Effect of fertilizer application on photosynthesis and oil yield of Jatropha curcas L. Photosynthetica, v.48, n.2, p.208-218, 2010.