GERMINAÇÃO E CRESCIMENTO INICIAL DE CAPUCHINHA EM DIFERENTES CONDIÇÕES DE CULTIVO

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Pâmella Gonçalves Da Silva Ademir Kleber Morbeck de Oliveira Rosemary Matias Denise Renata Pedrinho

Resumo

Objetivou-se avaliar a germinação e crescimento de capuchinha em diferentes condições
ambientais. Os resultados indicaram melhor germinação em substrato vermiculita em 25°C, entre
dois e cinco dias. O melhor crescimento inicial foi com substrato areia em 20 e 25°C. Em casa de
vegetação o tratamento controle e substrato com adição de esterco ovino se destacaram, em
duas luminosidades, demonstrando adaptação a ambientes variáveis de cultivo.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
DA SILVA, Pâmella Gonçalves et al. GERMINAÇÃO E CRESCIMENTO INICIAL DE CAPUCHINHA EM DIFERENTES CONDIÇÕES DE CULTIVO. Revista Brasileira de Agroecologia, [S.l.], v. 13, n. 5, dec. 2018. ISSN 1980-9735. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/rbagroecologia/article/view/22712>. Acesso em: 17 july 2019. doi: https://doi.org/10.33240/rba.v13i5.22712.
Seção
Notas Agroecológicas

Referências

AZEEZ, J.O. et al. Differential responses in yield of pumpkin (Curcubita maxima L.) and night shade (Solaum
retroflexum Dun.) to the aplication of three animal manures. Bioresource Technology, v.101, n.7, p.2499-2505,
2010.
BEWLEY, J.D. et al. Seeds: physiology of development, germination and dormancy. 3rd. New York: Springer, 2013.
392p.
BRANCALION, P.H.S. et al. Temperatura ótima de germinação de sementes de espécies arbóreas brasileiras.
Revista Brasileira de Sementes, v.32, n.4, p.15-21, 2010.
BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Regras para análise de sementes. Brasília:
Secretaria de Defesa Agropecuária. Mapa/ACS, 2009. 399p.
CARBONARI, V.B. et al. Phosphorus and chicken manure on development and yield of Tropaeolum majus L.
Brazilian Journal of Medicinal Plants, v.8, p.71-77, 2006.
CETNARSKI FILHO, R.; NOGUEIRA, A.C. Influência da temperatura na germinação de diásporos de Ocotea
odorifera (Vellozo) Rohwer (canela-sassafrás). Ciência Florestal, v.14, p.191-198, 2005.
GASPAROTTO A. et al. Natriuretic and diuretic effects of Tropaeolum majus (Tropaeolaceae) in rats. Journal of
Ethnopharmacology, v.122, p.517-522, 2009.
HONÓRIO, I.C.G. et al. Influência de diferentes substratos na germinação de jambu (Spilanthes oleracea L.-
Asteraceae). Biotemas, v.24, p.21-25, 2011.
JENTSCHEL, K. et al. Arbuscular mycorrhiza enhances auxin levels and alters auxin biosynthesis in Tropaeolum
majus during early stages of colonization. Physiologia Plantarum, v.29, p.320-333, 2007.
KINUPP, V.F.; BARROS, I.B.I. Riqueza de plantas alimentícias não convencionais na Região Metropolitana de Porto
Alegre, Rio Grande do Sul. Revista Brasileira de Biociências, v.15, p.63-65, 2007.
LEITE, L.F.C. et al. Estoques totais de carbono orgânico e seus compartimentos em argissolo sob floresta e sob
milho cultivado com adubação mineral e orgânica. Revista Brasileira Ciências do Solo, v.27, p.821-832, 2003.
MAPA. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Manual de hortaliças não-convencionais. Brasília:
MAPA/ACS, 2010, 92p.
MARCOS FILHO, J. Fisiologia de sementes de plantas cultivadas. Piracicaba: FEALQ, 2005, 495p.
MARSCHNER, H. Mineral nutrition of higher plants. 3ed. London: Academic Press, 2012. 672p.
NASCIMENTO, W.M. et al. Qualidade da semente e estabelecimento de plantas de hortaliças no campo. In:
NASCIMENTO, W.M. (ed). Hortaliças: tecnologia de produção de sementes. Brasília: Embrapa Hortaliças, 2011.
p. 79-106.
OLIVEIRA, A.K.M. et al. Germinação de sementes de pau-de-espeto (Casearia gossypiosperma) em diferentes
temperaturas. Revista Floresta, v.45, p.97-106, 2015.
OLIVEIRA, F.L. et al. Desempenho de taro em função de doses de cama de aviário, sob sistema orgânico de
produção. Horticultura Brasileira, v.26, p.149-153, 2008.
PEIXOTO FILHO, J.U. et al. Produtividade de alface com doses de esterco de frango, bovino e ovino em cultivos
sucessivos. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.17, p.419-424, 2013.
QUEIROZ, C.R.A.A. et al. Esterco de coelho: fonte de nutrientes para complementação da adubação. Revista
Agrogeoambiental, v.6, p.11-17, 2014.
RIBEIRO, W.S. et al. Capuchinha (Tropaeolum majus L.). Brasília: Editora Kiron, 2012, 100p.
ROGERI, D.A. et al. Mineralização e nitrificação do nitrogênio proveniente da cama de aves aplicada ao solo.
Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.19, n.6, p.534-540, 2015.
SIMPLÍCIO, A.A. et al. A caprino-ovinocultura de corte como alternativa para a geração de emprego e renda.
Sobral: Embrapa Caprinos, 2004, 44p.
SILVA, E.A. et al. Efeito de diferentes substratos na produção de mudas de cultivares de almeirão. Revista
Agrarian, v.1, p.55-66, 2008.
SILVA, F.A.S.; AZEVEDO, C.A.V. The Assistat Software Version 7.7 and its use in the analysis of experimental data.
African Journal of Agricultural Research, v.11, p.3733-3740, 2016.