ENRIQUECIMENTO DE 500 QUINTAIS PRODUTIVOS COM ESPÉCIES NATIVAS: UMA EXPERIÊNCIA DO PROJETO ASSENTAMENTOS AGROECOLÓGICOS

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

PAULO ROGERIO LOPES FELIPE DA CUNHA PEIXOTO MARCOS VINICIUS DO NASCIMENTO RONALDO BASTOS CALDAS JULIANA SOUZA LOPES JONAS PEREIRA DA SILVA SHARIM CYTHIA LOBO ROBERTA CRISTINA DA SILVA ITAMAR FERREIRA DE MATOS DIEGO RISSO MERIELY OLIVEIRA DE JESUS RICARDO LOPES DE MELO THAIS SANTOS DE SOUZA JOAO DAGOBERTO DOS SANTOS

Resumo

Os Quintais Produtivos são lugares multifacetados e com múltiplas funções, pois além de garantir a soberania, a
segurança alimentar e a saúde das famílias, representam a oportunidade de perpetuação dos saberes, cultura,
sabores, simbologias, memórias, práticas e reconstrução de novas estratégias de reprodução socioeconômica e
conservação da biodiversidade. O objetivo desta sistematização foi socializar as experiências e vivências de transição agroecológica na região Extremo Sul da Bahia, com o protagonismo dos(as) assentados(as) da reforma agrária. A sistematização teve como foco o processo de formação realizado com agricultores(as) e educadores(as) do Projeto Assentamentos Agroecológicos (PAA), bem como atividades de enriquecimento dos quintais produtivos. Esta etapa materializou os anseios e sonhos das famílias, pois possibilitou o enriquecimento de 500 quintais produtivos. Como forma de enriquecimento foram introduzidas 48 mudas de espécies nativas em cada quintal produtivo. Os quintais estão sendo construídos e organizados de maneira gradativa, respeitando-se a lógica produtiva de cada família e os princípios de manejo agroecológico.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
LOPES, PAULO ROGERIO et al. ENRIQUECIMENTO DE 500 QUINTAIS PRODUTIVOS COM ESPÉCIES NATIVAS: UMA EXPERIÊNCIA DO PROJETO ASSENTAMENTOS AGROECOLÓGICOS. Revista Brasileira de Agroecologia, [S.l.], v. 13, n. 1, june 2018. ISSN 1980-9735. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/rbagroecologia/article/view/22470>. Acesso em: 26 oct. 2021.
Seção
Artigos

Referências

ALTIERI, M; NICHOLLS. C. Agroecologia: as bases científicas da agricultura alternativa. Trad. de Patrícia Vaz. Rio de Janeiro: PTA/FASE, 1989. 240p.
CHABOUSSOU, F. Plantas doentes pelo uso de agrotóxicos: a teoria da trofobiose. Tradução de GUAZELLI, M. J. Porto Alegre: L&PM, 1987. 256p.
FREIRE, P. Extensão ou comunicação? Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1988.
GEIFUS, Frans. 80 Herramientas para el desarrollo participativo. El Salvador: Prochalate/IICA, 1997.
GLIESSMAN, S. R. Agroecologia: processos ecológicos em agricultura sustentável. 3 ed. Porto Alegre: Editora UFRGS, 2005. 653 p.
NESTE CHÃO TUDO DÁ. Disponível em: < https://www.youtube.com/watch?v=dvv85bE_7HY&t=2s> . Acesso em: 14 de Julho de 2017.
PRIMAVESI, A. O manejo ecológico do solo: a agricultura em regiões tropicais. 8.ed. São Paulo: Nobel, 1990. 542p.
SOSA, B. M; JAIME, A. M. R; LOZANO, D. R. A; ROSSET, P. M. Revolução Agroecológica: O Movimento de Camponês a Camponês da ANAP em Cuba. Ed. Expressão Popular. São Paulo: Outras Expressões, 2002. 152p