NÚCLEOS DE ESTUDO EM AGROECOLOGIA: CONSTRUÇÃO COLETIVA E REDES

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Josimeire Aparecida Leandrini Ana Cristina Rauber Betina Muelbert Cristina Sturmer dos Santos Pedro Ivan Christoffoli Manuela Franco de Carvalho da Silva Pereira Gabriela Silva Moura Gilmar Franzener Maude Regina Borba

Resumo

A Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) foi criada em 2009, com proposta de interiorização do
ensino superior público e gratuito, e atua na promoção do desenvolvimento regional com base nos
princípios da Agroecologia, da cooperação e da agricultura familiar. A UFFS possui seis câmpus, dentre
eles o câmpus Laranjeiras do Sul, na região da Cantuquiriguaçu, estado do Paraná. Após oito anos de
caminhada da UFFS, vários núcleos, programas e projetos foram organizados, elaborados e articulados,
com objetivo de desenvolver tecnologias de produção de base ecológica, promover a cooperação,
formar e capacitar em Agroecologia. O Núcleo de Estudos em Agroecologia e Produção Orgânica do
Território da Cidadania da Cantuquiriguaçu (NEA-Cantu), o Núcleo de Estudos em Aquicultura com
enfoque agroecológico (AquaNEA), o Núcleo de Estudos em Cooperação (NECOOP) e o Núcleo de
Estudos e Agroecologia e Soberania e Segurança Alimentar (NEA- KARU PORÃ) são vetores dessa
atuação, trabalhando com atividades de ensino, pesquisa e extensão. O objetivo dessa sistematização foi
reunir informações sobre a história de formação e articulação dos núcleos, programas e projetos da
UFFS, indicando suas atuações e interconexões.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
LEANDRINI, Josimeire Aparecida et al. NÚCLEOS DE ESTUDO EM AGROECOLOGIA: CONSTRUÇÃO COLETIVA E REDES. Revista Brasileira de Agroecologia, [S.l.], v. 13, n. 1, july 2018. ISSN 1980-9735. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/rbagroecologia/article/view/22465>. Acesso em: 26 oct. 2021.
Seção
Artigos

Referências

ATLAS DO DESENVOLVIMENTO HUMANO. Consulta do perfil e variáveis do desenvolvimento por
município.Disponível em: . Acesso em: 07 jul. 2017.
BRASIL. Lei nº 12.029, de 15 de setembro de 2009. Brasilia, Disponível em:
. Acesso em: 10 ago. 2017.
BRASIL. Instrução Normativa Interministerial nº 28, de 08 de junho de 2011. Normas Técnicas Para Os Sistemas
Orgânicos de Produção Aquícola. Brasilia, Disponível em:
. Acesso em: 01 maio 2018.
CANOSA, Gabriela Arruda. Proposta Metodológica para planejamento participativo de sistemas agroflorestais
junto a agricultores (as) familiares. 2016. 229 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Mestrado em Agroecologia e
Desenvolvimento Rural Sustentável, Universidade Federal da Fronteira Sul, Laranjeiras do Sul, 2016. Disponível em:
rural-sustentavel/dissertacoes-defendidas/proposta-metodologica-para-planejamentoparticipativo-
de-sistemas-agroflorestais-junto-a-agricultores-as-familiares-do-nucleo-luta-camponesa-da-redeecovida-
de-Agroecologia-2013-pr>. Acesso em: 01 maio 2018.
CARARO, L. Evaluation of oregano essential oil as a growth and resistance promoter to the ectoparasite
Ichthyophthirius multifiliis in jundia juveniles, Rhamdia sp. Dissertação (Mestrado) - Curso de Programa de Pósgraduação
em Agroecologia e Desenvolvimento Rural Sustentável, Universidade Federal da Fronteira Sul,
Laranjeiras do Sul, 2017. Em prelo.
CHRISTOFFOLI, Pedro Ivan et al. Experiência do Mestrado em Agroecologia e Desenvolvimento Rural Sustentável da
Universidade Federal da Fronteira Sul. In: PEDRO, J M; FREIRE, P S. Interdisciplinaridade Universidade e Inovação
Social e Tecnológica. Curitiba: CRV, 2016. p. 114-135.
CHRISTOFFOLI, Pedro Ivan; SANTOS, Cristina Sturmer dos. Evolução e balanço da atuação do Núcleo de Estudos
Avançados Em Cooperação (NECOOP) da UFFS em Laranjeiras do Sul, PR. In: SILVA, Émerson Neves da; VON
ONÇAY, Solange Todero (Org.). Extensão e universidade popular na fronteira sul: a análise da experiência
desenvolvida pela UFFS. Chapecó: Editora Uffs, 2018. p. 32-50. No prelo.
GUZMÁN, Eduardo Servilla; MOLINA, Manuel Gonzalez de. Sobre a Evolução do conceito de campesinato. São
Paulo: Expressão Popular, 2013.
MACHADO, A. Campos de Castilla. Parte “Provérbios y Cantares”, n. XXIX. Ed. 1. 2010.
MACHADO, L. C. P.; MACHADO-FILHO, L. C. P. Dialética da Agroecologia. São Paulo: Expressão Popular, 2014.
NUNES, José Simões. Sustentabilidade dos agroecossistemas de produção de peixes com enfoque agroecológico
na agricultura familiar. 2016. 135 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Mestrado em Agroecologia e
Desenvolvimento Rural Sustentável, Universidade Federal da Fronteira Sul, Laranjeiras do Sul, 2016.
OLIVEIRA, E. J. et al. Crescimento e sobrevivência de pós-larva de jundiá (Rhamdia sp.) suplementadas com óleo
essencial de orégano. In: Jornada de Iniciação Científica e Tecnológica (JIC), IV, 2016. Chapecó. Anais da VI Jornada
de Iniciação Científica e Tecnológica (JIC), 2238. UFFS: Chapecó, 2016, 1-6p.
RAUBER, Ana Claudia. Conhecimento Etnobotânico sobre plantas medicinais e plantas alimentícias não
convencionais das famílias agricultoras pertencente ao núcleo Regional Luta Camponesa da Rede Ecovida de
Agroecologia. 2016. 213p. Dissertação (Mestrado) - Curso de Mestrado em Agroecologia e Desenvolvimento Rural
Sustentável, Universidade Federal da Fronteira Sul, Laranjeiras do Sul, 2016.
REMOR, Eliane. Piscicultura orgânica: Equivalência e harmonização das normas nacional e internacionais e
aplicabilidade do plano de manejo para certificação participativa em unidades familiares rurais. 2016. 108 f.
Dissertação (Mestrado) - Curso de Mestrado em Agroecologia e Desenvolvimento Rural Sustentável, Universidade
Federal da Fronteira Sul, Laranjeiras do Sul, 2016.
SANTOS, Cristina Sturmer dos. Análise do processo de transição agroecológica das famílias agricultoras do Núcleo
da Rede Ecovida de Agroecologia Luta Camponesa. 2016. 196 f. Curso de Mestrado em Agroecologia e
Desenvolvimento Rural Sustentável, Universidade Federal da Fronteira Sul, Laranjeiras do Sul, 2016.
UFFS, Universidade Federal da Fronteira Sul. Histórico e missão institucional. Disponivel em:
. Acesso em: 6 de nov. de 2016.