UM DIÁLOGO ENTRE A AGROECOLOGIA E A AGRICULTURA URBANA EM REGIÕES METROPOLITANAS

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Daniela Adil Oliveira de Almeida Gabriel Mattos Ornelas Melissa Luciana de Araújo Luisa Melgaço Ferreira Jorge Marques Camila Marina Teixeira Ferreira Victor Gabriel de Souza Lima Patricia Cristina Coutinho Nardini Rodrigo Pinto da Matta Machado Heloisa Soares de Moura Costa

Resumo

O processo de sistematização da experiência do AUÊ! – Grupo de Estudos em Agricultura Urbana da Universidade Federal de Minas Gerais auxiliou a recuperar, registrar e comunicar a trajetória do grupo desde sua formação. Foi possível refletir criticamente sobre a prática de um coletivo de pesquisa, ensino e extensão, inserido em uma universidade pública e articulado a uma política nacional de fortalecimento da construção de conhecimento agroecológico, como um Núcleo de Estudos em Agroecologia (NEA). A metodologia da sistematização foi baseada no fazer coletivamente e envolveu integrantes do grupo e o diálogo com os diferentes atores que participaram da história do AUÊ!. A sistematização possibilitou identificar as qualidades, potencialidades e lacunas na atuação do grupo; amadurecer nossa reflexão sobre os caminhos que podem ser trilhados para avançar nos estudos e práticas sobre a agroecologia urbana; e aprofundar conceitos e diálogos na construção do conhecimento agroecológico a partir da conexão entre a agroecologia e a agricultura urbana em regiões metropolitanas.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
ALMEIDA, Daniela Adil Oliveira de et al. UM DIÁLOGO ENTRE A AGROECOLOGIA E A AGRICULTURA URBANA EM REGIÕES METROPOLITANAS. Revista Brasileira de Agroecologia, [S.l.], v. 13, n. 1, may 2018. ISSN 1980-9735. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/rbagroecologia/article/view/22463>. Acesso em: 26 oct. 2021.
Seção
Artigos

Referências

ALMEIDA, D.A.O. Isto e aquilo: agriculturas e produção do espaço na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). 2016. 438f. Tese de Doutorado - Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2016.
ALTIERI, M. Agroecologia: bases científicas para uma agricultura sustentável. 3.ed. rev. ampl. São Paulo, Rio de Janeiro: Expressão Popular, 2012.
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE AGROECOLOGIA (ABA). Aspectos conceituais em agroecologia. 2017. Disponível em . Acesso em 18 abr. 2017.
BRASIL. Presidência da República. Decreto nº 7.794, de 20 de agosto de 2012. Institui a Política Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica. Brasilia: Planalto, 2012.
FALKEMBACH, E.M.F. Sistematização... Juntando Cacos, Construindo Vitrais. Ijuí (RS): Ed. UNIJUÍ, 1995 (Cadernos UNIJUÍ, 23).
HAESBAERT, R. O mito da desterritorialização: do “fim dos territórios” à multiterritorialidade. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2012
HISSA, C.E.V. Entrenotas: compreensões de pesquisa. Belo Horizonte: Editora da UFMG, 2013.
LEFEBVRE, H. O direito à cidade. São Paulo: Documentos Ltda, 2011.
LEFEBVRE, H. The production of space. Oxford: Blackwell, 1991.
PLOEG, J.D.V.D. Camponeses e impérios alimentares: lutas por autonomia e sustentabilidade na era da globalização. Porto Alegre: UFRGS, 2008.
PETERSEN, P. (Org.). Agricultura familiar camponesa na construção do futuro. Rio de Janeiro: AS-PTA, 2009.
SANTANDREU, A.; LOVO, I. Panorama da agricultura urbana e periurbana no Brasil e diretrizes políticas para sua promoção: identificação e caracterização de iniciativas de agricultura urbana e periurbana em regiões metropolitanas brasileiras, mimeo, 2007. Disponível em: . Acesso em: 09 de julho de 2016.
SEVILLA GUZMÁN, E. Agroecología como estrategia metodológica de transformación social. Reforma Agrária & Meio Ambiente, ano 1, n. 2, p. 4-10, Octubre 2006. Disponível em: http://www.reformaagrariaemdados.org.br/biblioteca/ revista/revista-rama, Acesso em: 09 de julho de 2016.
SOUZA, M.L. Os conceitos fundamentais da pesquisa sócio-espacial. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2013.
TUPY, I. S. et al. Notas sobre a produção agrícola na Região Metropolitana de Belo Horizonte: para além da irrelevância, inviabilidade e incompatibilidade. Cadernos de Agroecologia, v. 10, n. 3, outubro 2015.
UFMG. Universidade Federal de Minas Gerais. Marco Teórico-Metodológico e Síntese dos Estudos Setoriais - Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado da Região Metropolitana de Belo Horizonte - PDDI-RMBH. Belo Horizonte, 2010.
WANDERLEY, M.N.B. Um novo olhar para a agricultura. In: PETERSEN, P. (Org.). Agricultura familiar camponesa na construção do futuro. Rio de Janeiro: AS-PTA, 2009.