FINAIS DE SEMANA AGROECOLÓGICOS NA ROÇA DA LIBERTAÇÃO

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

BEZERRA DOS SANTOS BEZERRA DOS SANTOS Raimundo Nonato da Silva REgo Flavio Luiz Simõe Crespo Milena Almeida Vaz Maria de Fátima Vieira Crespo Raysa de Sousa Lemos

Resumo

O objetivo deste trabalho foi sistematizar a experiência do Núcleo de Estudos em Agroecologia e
Agricultura Orgânica Cajuí (NEA-Cajuí) e apontar como a parceria com o NEA Cajuí, em especial a partir
dos finais de semanas agroecológicos, colaborou para a família Rego construir sua “Roça da Libertação”.
A sistematização apontou que no desenho dos agroecossistemas sustentáveis é preciso, com
conhecimento, articular alguns componentes importantes, quais sejam, a organização e o planejamento,
as relações interpessoais (com a família e comunidade), o manejo da biodiversidade, o solo de qualidade
e a espiritualidade. Estes componentes, articulados, são importantes para a transição agroecológica e
permitem avançar a compreensão dos processos políticos, valorizar a cultura local, despertar a
consciência ambiental e respeitar os valores éticos. Por isso a Roça é de Libertação!

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
BEZERRA DOS SANTOS, BEZERRA DOS SANTOS et al. FINAIS DE SEMANA AGROECOLÓGICOS NA ROÇA DA LIBERTAÇÃO. Revista Brasileira de Agroecologia, [S.l.], v. 13, n. 1, june 2018. ISSN 1980-9735. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/rbagroecologia/article/view/22462>. Acesso em: 26 oct. 2021.
Seção
Artigos

Referências

GLIESSMAN, S. R. Agroecologia: processos ecológicos em agricultura sustentável. 2. ed. Porto Alegre: UFRGS, 2001.
Griffon, M. Pour une analyse detaillée de la revolution vert, in: Jacob, O. (Ed.), Nourrir La Planet. Paris. 2006.
Petersen P, Dal Sóglio F, Caporal FR. A construção de uma ciência a serviço do campesinato: trajetória, desafios e perspectivas da Agroecologia nas instituições científico-acadêmicas Brasileiras. Em Agricultura familiar camponesa na constru- ção do futuro (Petersen P, org.). Rio de Janeiro: AS-PTA pp. 85-103., 2009
SABOURIN, E. Camponeses do Brasil: entre a troca mercantil e a reciprocidade. Rio de Janeiro: Editora Garamond, 2009.
RUAS, Elma Dias et al. Metodologia participativa de extensão rural para o desenvolvimento sustentável: MEXPAR. Belo Horizonte: Governo do Estado de Minas Gerais, 2006