RIQUEZA FLORÍSTICA DE QUINTAIS AGROFLORESTAIS NO SEMIÁRIDO PARAIBANO, BRASIL

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Alecksandra Vieira de Lacerda

Resumo

Os quintais agroflorestais são uma das formas mais antigas e importantes de uso da terra, garantia de
alimento e renda dos pequenos produtores rurais. Assim, objetivou-se caracterizar a composição
florística dos quintais agroflorestais no Cariri paraibano. Foram amostradas duas comunidades rurais
no município de Sumé, adotando como critério selecionar quintais agroflorestais mantidos com
tecnologia tradicional e mão de obra familiar ativa. Para a coleta de dados, utilizou-se levantamento
florístico e medição da área do quintal. Registraram-se 118 espécies distribuídas em 49 famílias e 101
gêneros. As famílias com maior riqueza foram Fabaceae (18 espécies), Euphorbiaceae (nove espécies),
Anacardiaceae e Solanaceae (seis espécies cada). As frutíferas tiveram maior ocorrência e as espécies
introduzidas predominaram em relação às nativas. O Índice de Riqueza de espécies foi superior nos
quintais com menores áreas e a similaridade entre os quintais foi considerada baixa. A pesquisa
contribuiu para a definição do perfil florístico dos quintais em comunidades rurais fornecendo
subsídios para implantação de sistemas agroflorestais.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
LACERDA, Alecksandra Vieira de. RIQUEZA FLORÍSTICA DE QUINTAIS AGROFLORESTAIS NO SEMIÁRIDO PARAIBANO, BRASIL. Revista Brasileira de Agroecologia, [S.l.], v. 13, n. 3, june 2018. ISSN 1980-9735. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/rbagroecologia/article/view/21321>. Acesso em: 15 dec. 2018.
Palavras-chave
Sistemas agroflorestais; comunidades rurais; Caatinga
Seção
Artigos