Avaliação da brotação para obtenção de mudas de diferentes partes do tubérculo de cará roxo (Dioscorea trifida L.f).

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Aurinei da Silva Ramos Albejamere Pereira de Castro Carlos Moisés Medeiros Shermam Rodrigo Dácio de Melo

Resumo

Com o objetivo de avaliar a brotação de Cará roxo (Dioscorea trifida L.f) para obtenção de mudas por meio de diferentes partes do tubérculo, foi realizado um experimento no setor de produção vegetal da Faculdade de Ciências Agrárias, localizado no setor sul do Campus da Universidade Federal do Amazonas, no período de dezembro de 2011 a agosto de 2012. O ensaio foi composto por quatro tratamentos que consistiu em: tratamento controle (cará inteiro), parte apical, medial e distal. Todos eles plantados em sacos de polietileno com capacidade para 2 kg de substrato. O experimento foi instalado em casa de vegetação coberta com sombrite 50%, arranjado em Delineamento Inteiramente Casualizado, com cinco repetições. Após 45 dias, foram avaliados a taxa de sobrevivência, taxa de mortalidade e números de brotos. Os resultados mostraram que houve diferença significativa (p < 0,05) entre os tratamentos. Nesse sentido, tudo indica que para a produção de mudas de cará o agricultor deverá utilizar o túberculo intero ou a parte apical.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
DA SILVA RAMOS, Aurinei et al. Avaliação da brotação para obtenção de mudas de diferentes partes do tubérculo de cará roxo (Dioscorea trifida L.f).. Revista Brasileira de Agroecologia, [S.l.], v. 9, n. 1, apr. 2014. ISSN 1980-9735. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/rbagroecologia/article/view/13400>. Acesso em: 23 oct. 2019.
Palavras-chave
Dioscorea trifida L.f, mudas, tubérculos, diferentes partes.
Seção
Artigos