Atributos agroecológicos de solo e caracterização de predadores generalistas no cultivo de melancia (Citrullus lanatus (Thunb.) Matsum. & Nakai) nos tabuleiros litorâneos do Piauí

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

José Alex Silva Cunha Roseli Farias Melo Barros Herony Ulisses Mhel Paulo Roberto Ramalho Silva

Resumo

Objetivou-se realizar uma análise agroecológica do solo e caracterizar a distribuição de aranhas, ressaltando o seu papel como possíveis inimigos naturais em função do tipo de manejo adotado na cultura de melancia nos tabuleiros litorâneos do Piauí. Foram estudadas três áreas: melancia orgânica, convencional e natural. Em cada área, foram feitas análises agroecólogicas de solo através de indicadores simples e coleta manual de aranhas. O manejo exercido na área orgânica contribuiu para um melhor valor médio de qualidade do solo, seguido da área natural e convencional, sendo observadas diferenças significativas. Esse padrão também foi observado na distribuição das aranhas, onde os índices ecológicos, padrão faunístico e atividade funcional foram superiores na área orgânica e natural em comparação à área convencional. A presença de cobertura de solo contribuiu tanto para a qualidade do solo, como no favorecimento das assembleias de aranhas.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
SILVA CUNHA, José Alex et al. Atributos agroecológicos de solo e caracterização de predadores generalistas no cultivo de melancia (Citrullus lanatus (Thunb.) Matsum. & Nakai) nos tabuleiros litorâneos do Piauí. Revista Brasileira de Agroecologia, [S.l.], v. 9, n. 1, may 2014. ISSN 1980-9735. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/rbagroecologia/article/view/13355>. Acesso em: 07 dec. 2019.
Palavras-chave
Manejo orgânico. Adubação verde. Macrofauna. Araneae.
Seção
Artigos