Fitossociologia do Componente Arbóreo do Centro de Estudo, Pesquisa e Preservação Ambiental (CEPPA) da Universidade de Cruz Alta, Cruz Alta – RS

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Tiago Silveira Ferrera Valeska Martins da Silva Jean Carlos Budke

Resumo

Objetivou-se analisar o a estrutura fitossociológico arbóreo do Centro de Estudo, Pesquisa e Preservação Ambiental – CEPPA da Universidade de Cruz Alta – UNICRUZ. Para tal, demarcaram-se 16 unidades amostrais quadradas de 10x10 m e procurando-se as áreas mais conservadas e mais originais possíveis. Foram identificados e quantificados os indivíduos com perímetro à altura do peito (PAP) maior ou igual a 15 cm e para análise dos parâmetros fitossociológicos utilizou-se o sofware FITOPAC. Foram amostrados 224 indivíduos de 21 espécies, 20 gêneros e 17 famílias botânicas. As espécies Cupania vernalis, Sebastiania commersoniana, Luehea divaricata, Ocotea pulchella e Sebastiania brasiliensis estão entre as mais características e importantes da área, tanto em relação à estrutura vertical como estrutura horizontal. Quanto às estimativas de diversidade e equabilidade, o índice de Shannon foi de 2,16 nats.ind. e equabilidade de Pielou J’ = 0,71. Os resultados demonstram que há um número considerável de espécies, embora a densidade de indivíduos por área seja baixa, indicando possíveis ações antrópicas de exploração da área.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
FERRERA, Tiago Silveira; DA SILVA, Valeska Martins; BUDKE, Jean Carlos. Fitossociologia do Componente Arbóreo do Centro de Estudo, Pesquisa e Preservação Ambiental (CEPPA) da Universidade de Cruz Alta, Cruz Alta – RS. Revista Brasileira de Agroecologia, [S.l.], v. 8, n. 3, dec. 2013. ISSN 1980-9735. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/rbagroecologia/article/view/13224>. Acesso em: 19 sep. 2019.
Palavras-chave
Floresta Ribeirinha . Fitogeografia . Biologia da Conservação
Seção
Artigos