Diagnóstico sobre práticas sustentáveis usadas por agricultores familiares nos distritos de Estiva e Paiol, Sete Lagoas, MG.

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Jaciara Andrade França Anderson Oliveira Latini

Resumo

A agricultura sustentável ameniza impactos ambientais causados pela agricultura convencional e melhora a qualidade de vida de agricultores familiares. Para avaliar a opinião e a ação destes agricultores relacionados ao assunto, foram entrevistados agricultores dos distritos de Estiva e Paiol (Sete Lagoas, MG). Há baixo conhecimento dos agricultores familiares em relação às práticas sustentáveis, sendo que 66,6% apenas conhece a prática do plantio direto e os outros não conhecem nenhuma. Além disto, detectou-se uma insatisfação destes agricultores com a assistência técnica que recebem, não havendo relação desta resposta com a idade ou escolaridade dos mesmos. Entre eles há grande preocupação com a questão ambiental, mas, que não corresponde às suas ações, por exemplo, demonstradas pela ausência frequente de reserva legal nas propriedades. O agricultor familiar da região tem carência em conhecimentos sobre práticas sustentáveis e clama por ajuda em relação ao tema.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
FRANÇA, Jaciara Andrade; LATINI, Anderson Oliveira. Diagnóstico sobre práticas sustentáveis usadas por agricultores familiares nos distritos de Estiva e Paiol, Sete Lagoas, MG.. Revista Brasileira de Agroecologia, [S.l.], v. 8, n. 2, aug. 2013. ISSN 1980-9735. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/rbagroecologia/article/view/13218>. Acesso em: 19 nov. 2018.
Palavras-chave
agricultura familiar; agricultura sustentável; assistência técnica rural; impactos ambientais.
Seção
Notas Agroecológicas