Caracterização e desenvolvimento de quintais produtivos agroecológicos na comunidade Mem de Sá, Itaporanga d’Ajuda-Sergipe

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Amaury da Silva dos Santos Lanna Cecília Lima Oliveira Fernando Fleury Curado Lucas Amorim

Resumo

Este trabalho objetivou em caracterizar quintais da Ilha Mem de Sá, Itaporanga D’Ajuda, Sergipe (Brasil) e criar unidades demonstrativas (UD) com base na produção agroecológica. A partir de metodologias participativas foram caracterizadas plantas e animais existentes em 13 quintais, assim como sua forma de manejo realizada nesses espaços, observando a importância e a função exercida pelos quintais para os moradores. Foram constatadas 49 espécies vegetais sendo que o coco (Cocos nucifera L.) e a manga (Mangifera indica L.) se destacaram por suas freqüências. Foram encontrados animais de pequeno porte, principalmente aves, que são utilizados na dieta das famílias. Foi criada uma UD com o objetivo de trocar experiências de cunho agroecológico, valorizando o saber tradicional, no sentido de incrementar os quintais. O quintal apresentou-se como um importante espaço para a disseminação de valores e conhecimentos, além da produção de alimentos que enriquecem a dieta dos moradores.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
SANTOS, Amaury da Silva dos et al. Caracterização e desenvolvimento de quintais produtivos agroecológicos na comunidade Mem de Sá, Itaporanga d’Ajuda-Sergipe. Revista Brasileira de Agroecologia, [S.l.], v. 8, n. 2, aug. 2013. ISSN 1980-9735. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/rbagroecologia/article/view/12997>. Acesso em: 19 nov. 2018.
Palavras-chave
Agroecologia, Biodiversidade, Comunidade tradicional, Metodologia participativa.
Seção
Artigos