Conhecimento da população sobre produto orgânico na região litorânea do Paraná

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Luiz Ermindo Cavallet Maurizio Canavari William Thomaz Peçanha Thiago Vinicius Trento Occhi Carlos Hugo Rocha

Resumo

A região litorânea do Paraná tem vocação para o desenvolvimento de sistemas agroecológicos de produção e ao mesmo tempo necessita de incentivos que diminuam a pobreza no campo. Os sistemas de produção orgânicos se enquadram nesse contexto e disso decorre ser necessário viabilizar estímulos ao consumo local do produto. Com o objetivo de conhecer a percepção dos consumidores da região sobre o tema foi aplicado questionário em cada município. Encontrou-se que 60% dos entrevistados sabem o que é um produto orgânico e 49,5% já o consumiram. Destaca-se Paranaguá, com 53% da população da região, onde a maioria não o conhece e nem o consumiu. Na região 48,2% das pessoas não sabem como identificar o produto orgânico, sendo o “selo de certificação” a opção mais apontada (19,1%), seguido da “confiança no produtor/comerciante”, (12,7%). A maioria acha que a principal vantagem do produto orgânico é “ser saudável e nutritivo”, seguido de “ser sem substâncias químicas” e em terceiro por “preservar o meio ambiente”. Alface e tomate orgânicos foram apontados como os itens mais consumidos na região. Sugere-se que Paranaguá tenha foco para atividades de valorização do produto orgânico.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
CAVALLET, Luiz Ermindo et al. Conhecimento da população sobre produto orgânico na região litorânea do Paraná. Revista Brasileira de Agroecologia, [S.l.], v. 8, n. 2, aug. 2013. ISSN 1980-9735. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/rbagroecologia/article/view/12981>. Acesso em: 19 nov. 2018.
Palavras-chave
agroecologia, consumidores, mercado, segurança alimentar, certificação, perfil do consumidor
Seção
Artigos