Utilização de substratos orgânicos na produção de mudas de mamoeiro Formosa

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Afranio César de Araujo Ariosto Céleo de Araújo Max Kleber Laurentino Dantas Walter Esfrain Pereira Magdi Ahmed Ibrahim Aloufa

Resumo

Objetivou-se com este trabalho avaliar o efeito de substratos orgânicos sobre o crescimento inicial do mamoeiro ‘Formosa’. O experimento foi conduzido em casa-de-vegetação em DBC com quatro tratamentos e quatro repetições: solo, composto orgânico, húmus de minhoca e esterco bovino. O húmus de minhoca proporcionou valores mais elevados para número de folhas, altura de plantas, diâmetro caulinar, área foliar, massa seca do caule, massa seca da raiz e massa seca das folhas. Não houve diferenças significativas entre húmus de minhoca e composto orgânico para as três últimas variáveis. O esterco bovino não diferiu da testemunha para número de folhas, diâmetro caulinar, massa seca do caule, massa seca das folhas, comprimento da raiz e área foliar. Este substrato foi mais responsivo apenas para comprimento da raiz, não diferindo do composto orgânico. Sendo assim, o substrato preparado com húmus de minhoca foi o que proporcionou os maiores valores para o crescimento inicial do mamoeiro.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
ARAUJO, Afranio César de et al. Utilização de substratos orgânicos na produção de mudas de mamoeiro Formosa. Revista Brasileira de Agroecologia, [S.l.], v. 8, n. 1, apr. 2013. ISSN 1980-9735. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/rbagroecologia/article/view/12953>. Acesso em: 23 oct. 2019.
Palavras-chave
Carica papaya; Crescimento vegetal; Fruteiras tropicais; Nutrição mineral; Resíduos orgânicos
Seção
Artigos